Categorias
ESPORTES

Mogi Beisebol fica em 4º lugar em campeonato sul-americano realizado na Argentina



O Bunkyo Mogi Beisebol, de Mogi das Cruzes, ficou em quarto lugar no Summer Championship – U10, campeonato sul-americano realizado entre 18 e 21 de janeiro na cidade de Buenos Aires, na Argentina. O torneio reuniu atletas de até 10 anos de idade e foi organizado pelo Clube Vélez Sarsfield da Argentina.



A disputa contou com times da própria Argentina, Halcones e Vélez; Aelu do Peru que se fez presente com dois times; FePaBe do Paraguai, e outros quatro times do Brasil: Anhanguera, Indaiatuba, Pinheiros de Curitiba e Maringá.



No primeiro dia do torneio, a equipe mogiana venceu o Aelu do Peru por 22 a 6 com destaque para o arremessador Guilherme Gonçalves que não permitiu nenhuma rebatida válida ou corridas, e, no ataque, o rebatedor Gustavo Sumiya girou para 4 rebatidas válidas e empurrou 5 corridas. No jogo seguinte o Bunkyo Mogi Beisebol entrou com sua equipe reserva e foi derrotada pelo Clube Pinheiros de Curitiba.



Na sexta, dia 19, o beisebol mogiano desbancou o time da casa por 12 a 6 e também outra equipe brasileira, o Anhanguera por 10 a 0. O arremessador Henry Marchetti foi o destaque no montinho em ambos os jogos com uma média de apenas 2,25 corridas cedidas. No ataque, o atleta Thomas Nascimento impulsionou 7 corridas na somatória das 2 partidas.



As finais foram disputadas no sábado (20) e domingo (21) e apesar das derrotas, o Bunkyo Mogi Beisebol, em sua primeira participação internacional, fez o time do FePaBe de Paraguai trabalhar muito para conquistar uma suada vitória por 5 a 4. Henry Marchetti, apesar da derrota, novamente arremessou bem e Emerson Mukotaka rebateu um homerun impulsionando 3 corridas. No último dia do campeonato o Mogi perdeu para o melhor time brasileiro na atualidade e campeão do Summer Championship – U10 da edição de 2024, Maringá, pelo placar de 3 a 1, num jogo disputadíssimo, onde os arremessadores de ambos os times foram os grandes destaques. O trio de arremessadores mogianos, Guilherme Gonçalves, Emerson Mukotaka e Henry Marchetti cederam apenas 4 rebatidas válidas ao longo da partida.

Segundo o Técnico e Chefe da Delegação Paulo Marchetti, o time do Bunkyo Mogi Beisebol representou muito bem as cores da bandeira brasileira e mogiana e deu mais um passo importante para tornar a modalidade mais conhecida: “Posso dizer que foi uma primeira experiência internacional exitosa, em planejamento, organização, engajamento e desempenho esportivo. Mas no esporte, assim como na vida, miramos sempre o que vem pela frente. Agora é o próximo torneio, próximo campeonato e a temporada em 2024. Estou muito orgulhoso dos atletas, e de poder fazer parte desta família muito especial, e com vitórias a gente vai dando mais visibilidade pro esporte”.

O Bunkyo Mogi Beisebol conta com o apoio da Prefeitura de Mogi Cruzes e em 2023 recebeu um importante estímulo por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo de SP, tendo a participação direta das empresas mogianas Embu, Hogänäs, Rud Correntes e Supermercados Shibata.

“Esperamos que resultados como esse possam dar maior confiança às empresas parceiras, aos patrocinadores, aos amigos do Mogi Beisebol para que continuem investindo no esporte e na transformação de uma sociedade através de uma ferramenta tão eficaz como é o beisebol”, diz Juliano Abe, Manager Geral do Bunkyo Mogi Beisebol.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região? Siga nossos perfis no InstagramFacebook e Google News e entre em nossos grupos no Telegram e WhatsApp.

Por Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP