Calendário de saque da 3ª parcela do auxílio emergencial começa no dia 18

BRASIL

Está previsto para começar no próximo dia 18 de julho o calendário de saques da 3ª parcela do auxílio emergencial, cujos depósitos do primeiro lote foram concluídos no último sábado (4). Além da permissão para retirada do dinheiro em espécie, também serão liberadas as transferências para contas de outros bancos.

A princípio, o dinheiro foi transferido às contas poupanças digitais criadas pela Caixa Econômica Federal a todos os beneficiários do programa, que, por enquanto, somente poderão utilizar os recursos por meio do cartão de débito virtual, disponibilizado no aplicativo Caixa Tem, para compras pela internet ou por meio de maquininhas em lojas físicas. Também é possível realizar o pagamento de boletos e de contas de água, luz, gás e telefone.

De acordo com a Caixa, a medida tem como objetivo priorizar o atendimento digital, para tentar evitar aglomeração de pessoas nos pontos de atendimento, seguindo os protocolos de prevenção do período de pandemia do novo coronavírus.

Como aconteceu com as demais parcelas, o calendário de saques e transferências para outras contas da 3ª parcela do auxílio evoluirá conforme o mês de nascimento do beneficiário. Confira abaixo.

Calendário de saques da 3ª parcela do auxílio emergencial

DataQuem recebe
18 de julhonascidos em janeiro
25 de julhonascidos em fevereiro
1º de agostonascidos em março
8 de agostonascidos em abril
15 de agostonascidos em maio
29 de agostonascidos em junho
1º de setembronascidos em julho
8 de setembronascidos em agosto
10 de setembronascidos em setembro
12 de setembronascidos em outubro
15 de setembronascidos em novembro
19 de setembronascidos em dezembro

Mais parcelas

O Governo Federal confirmou que o auxílio emergencial será prorrogado por mais dois meses, com pagamento de mais R$ 1.200 (R$ 2.400 a mães solo). O número de parcelas, no entanto, ainda não foi definido.

Segundo o ministro da economia, Paulo Guedes, o valor extra poderá ser desmembrado e pago em várias vezes. Ele chegou a citar um exemplo, no qual a primeira parcela de R$ 600 seria dividida em duas de R$ 300 e a segunda parcela seria dividida em uma de R$ 500 e outra de R$ 100.

Novidades sobre os calendários de pagamento das novas parcelas devem ser anunciadas até o fim de julho.

Foto: Agência Brasil

Confira as últimas notícias sobre o pagamento do auxílio emergencial

Entre em nossos Grupos de WhatsApp ou em nosso Canal no Telegram e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região



Deixe um comentário:
Os comentários não representam a opinião do Notícias de Mogi e são de responsabilidade do autor da mensagem. Conteúdos com palavrões serão excluídos.