Categorias
BRASIL

CadÚnico: como fazer o Cadastro Único e passar a ter direito a benefícios



O CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal) é um programa que coleta dados pessoais e trabalhistas dos cidadãos, dando direito a diversos benefícios do governo como, por exemplo, o Auxílio Brasil. Através do cadastro, o governo consegue identificar e prestar suporte aos cidadãos mais necessitados.



Alguns benefícios vinculados ao CadÚnico são os seguintes: Programa Auxílio Brasil; Auxílio Gás; Programa DF sem Miséria; Programa Bolsa Alfa; Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas); Programa Morar Bem; Isenção de taxas em concursos públicos federais; Isenção de taxas em concursos públicos distritais; Telefone Popular; Fomento às atividades produtivas rurais; Tarifa social de energia elétrica; Tarifa social de água; Carteira do idoso; Carta social; Redução da contribuição previdenciária para fins de aposentadoria de dona de casa; Programa Identidade Jovem; Auxílio emergencial durante a pandemia da covid-19.

Siga nosso Canal no WhatsApp e receba notícias de Empréstimo e Benefícios no seu celular!

Confira abaixo quais são os critérios para a inscrição do Cadastro Único:



  • Ter renda mínima mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 550);
  • Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300);
  • Nomear um membro responsável pelo grupo familiar, desde que tenha 16 anos ou mais, para ser o titular do cadastro;
  • O chefe do grupo familiar deve ser, preferencialmente, mulher e apresentar o CPF e/ou Título de Eleitor;
  • Famílias indígenas e quilombolas podem apresentar qualquer um dos documentos citados a seguir.

Consulta CadÚnico

O cidadão que deseja saber se está no Cadastro Único pode verificar a informação através de três canais de atendimento. Pelo site Meu CadÚnico o usuário pode preencher um formulário com o nome completo e clicar na opção emitir. Pode realizar a pesquisa baixando o app do CadÚnico e preencher o mesmo formulário através do aplicativo. A terceira opção pode ser acessada pelo telefone 0800 707-2003, selecionando a opção 5; o horário de atendimento é das 7h às 19h, de segunda a sexta-feira, e das 10h às 16h aos finais de semana e feriados.



Cadastro CadÚnico

Muitos brasileiros que poderiam ter acesso ao CadÚnico não fizeram a inscrição no programa e, para verificar seu direito, é necessário procurar uma unidade do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) da sua cidade, que é responsável pela inserção e atualização dos dados no sistema federal.

Para realizar o cadastro é preciso apresentar informações do segurado e familiares, como profissão, renda, moradia, gastos mensais, entre outros.

Os documentos necessários para o cadastro são: Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, CPF, RG, Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e todos os membros da família tem que apresentar pelo menos um destes documentos, sendo que o titular precisa fornecer a documentação completa.

O cadastro pode demorar até 15 dias úteis para ser analisado pelo governo.

Atualização CadÚnico

A falta de atualização de dados pode acarretar na exclusão do registro no CadÚnico após o período de quatro anos. Mudanças de endereço da família toda ou apenas de alguns membros devem ser comunicadas, assim como mudanças na renda ou novos vínculos trabalhistas.

Todos os anos o governo federal efetua um processo de revisão para identificar e convocar grupos familiares que estejam com os dados desatualizados.

É importante atualizar o cadastro a cada dois anos pelo menos. O processo de atualização poderá ocorrer em qualquer unidade do CRAS ou em algum posto de atendimento do Auxílio Brasil ou do CadÚnico.

Para receber mais novidades sobre benefícios sociais, entre em nossos grupos no Facebook e Telegram

Para receber mais notícias sobre finanças e benefícios sociais, entre em nossos canais no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia: