BRASIL

Auxílio Brasil: 2,7 milhões de pessoas serão inclusas este mês; veja se foi aprovado

O Auxílio Brasil, programa lançado pelo governo federal para substituir o Bolsa Família, passará a contar com 2,7 milhões de novos beneficiários já a partir de janeiro, segundo informações do Ministério da Cidadania. Com isto, o programa deve atender, no total, 17 milhões de pessoas.

“Com a medida, o Auxílio Brasil alcança mais de 17 milhões de famílias, o maior patamar de atendimento da história dos programas permanentes de transferência de renda do governo federal. A ação demonstra o compromisso desta gestão em garantir e ampliar continuamente o atendimento nas ações de proteção social para os cidadãos mais vulneráveis”, afirmou a pasta.

A consulta para saber se está na lista de aprovados em janeiro está disponível no aplicativo do Auxílio Brasil ou pelo site do Cadastro Único. O aplicativo do Auxílio Brasil é compatível com celulares Android [clique para baixar] e smartphones com sistema iOS [baixe aqui].

“O Auxílio Brasil, como programa permanente, terá ingresso recorrente de novos beneficiários. O ingresso e a permanência das famílias ocorrem a partir da inscrição no Cadastro Único”, informou uo Ministério da Cidadania.

Calendário do Auxílio Brasil 2022

O calendário de janeiro do Auxílio Brasil terá início no próximo dia 18, quando receberão aqueles que possuem NIS (Número de Identificação Social) terminado em 1. No dia 19 será a vez dos que possuem NIS com final 2. E assim sucessivamente, até o dia 31, quando receberão os beneficiários com NIS terminado em 0.

Confira abaixo o calendário de janeiro do Auxílio Brasil:

  • NIS final 1: 18 de janeiro de 2022;
  • NIS final 2: 19 de janeiro de 2022;
  • NIS final 3: 20 de janeiro de 2022;
  • NIS final 4: 21 de janeiro de 2022;
  • NIS final 5: 24 de janeiro de 2022;
  • NIS final 6: 25 de janeiro de 2022;
  • NIS final 7: 26 de janeiro de 2022;
  • NIS final 8: 27 de janeiro de 2022;
  • NIS final 9: 28 de janeiro de 2022;
  • NIS final 0: 31 de janeiro de 2022.

Para receber os valores, o beneficiário deve ir até a Caixa Econômica Federal ou se dirigir a uma casa lotérica. O pagamento é feito com o Cartão do Cidadão, usado no Bolsa Família. Também é possível receber por meio do Caixa Tem. Para isso, no entanto, é preciso gerar senha.

As parcelas mensais do Auxílio Brasil ficam disponíveis para saque por 120 dias após a data indicada no calendário. As famílias podem verificar o valor do benefício no extrato de pagamento.

Sobre o Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil foi criado para substituir o Bolsa Família, programa de transferência de renda para pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Em novembro, quando entrou em vigor o novo programa, foram beneficiadas 14,5 milhões de pessoas, com valor médio de R$ 224. A partir de dezembro, após o governo federal conseguir a aprovação no Congresso Nacional de propostas que abriram espaço no orçamento, o valor médio passou para R$ 408,84, num total de 14,5 milhões de beneficiados. 

Em caso de dúvidas sobre o Auxílio Brasil, o governo oferece três canais de atendimento: pelo telefone 121, do Ministério da Cidadania, pelo número 111 da Caixa Econômica Federal ou pelo aplicativo Auxílio Brasil.

Confira as últimas notícias sobre o Auxílio Brasil

Essa notícia foi atualizada em 4 de janeiro de 2022 14:29

Compartilhar
Tudo sobre: Auxílio Brasil
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP