MOGI DAS CRUZES

Projeto aprovado na Câmara de Mogi prevê plantio de uma muda a cada nascimento na cidade

A Câmara Municipal de Mogi das Cruzes aprovou, na sessão ordinária desta quarta-feira (20), o Projeto de Lei 70/2021, de autoria da vereadora Fernanda Moreno (MDB). A iniciativa tem o objetivo incentivar a preservação do meio ambiente e a promoção da educação ambiental, por meio do plantio de uma muda de árvore a cada registro de nascimento de criança no município.

“As árvores são indispensáveis na natureza por possuírem diversas finalidades. Elas auxiliam na purificação e umidade do ar, pois agem como sequestradoras de CO2, capturando gases tóxicos e devolvendo oxigênio para a atmosfera. Além disso, as árvores trazem outros benefícios para vários ecossistemas e espaços públicos”, argumentou Moreno, no documento apresentado ao Plenário.

A proposta determina que os pais da criança nascida recebam a muda de árvore em até 90 dias do nascimento. Eles poderão plantá-la em locais sugeridos pelo município, preferencialmente em áreas públicas. Após o plantio a criança receberá um certificado “Criança amiga da natureza”.

“Uma ideia inteligente, um projeto que não custa praticamente nada porque temos um viveiro de plantas em nossa cidade. A nossa cidade e outras várias cidades do Brasil necessitam de árvores, de plantas, de verde”, ressaltou Iduigues Martins (PT).

“É a conscientização, a forma de levar uma vida melhor às pessoas. Quando um casal tem o seu bebê e pode receber uma muda de árvore isso mostra o nascimento de uma nova vida. A árvore é uma questão essencial para o meio ambiente”, pontuou Marcos Furlan (DEM).

Essa notícia foi atualizada em 20 de outubro de 2021 18:51

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online