coronavirus

Prefeitura de Mogi intensifica orientações após confirmação de coronavírus em SP

CIDADE PRIORIDADE
Após a confirmação de um caso de coronavírus na capital paulista, a Prefeitura de Mogi das Cruzes anunciou nesta quinta-feira (27) que vem se preparando contra o novo Coronavírus (COVID-19) desde o início dos alertas da Organização Mundial de Saúde (OMS). Segundo a administração municipal, os profissionais das unidades de atendimento receberam informes técnicos e a visita da supervisão médica para reforçar as orientações sobre o correto e rápido atendimento aos possíveis casos que possam chegar ao município.

A Secretaria Municipal de Saúde também está intensificando informações à população quanto aos cuidados para prevenir doenças de transmissão respiratória. Confira as orientações divulgadas pelo Governo do Estado sobre o Coronavírus.

A secretária interina de Saúde, Rosângela Cunha, informa que, até o momento, Mogi das Cruzes não tem nenhum caso registrado. Em janeiro, o Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde descartou uma notificação suspeita de Coronavírus na cidade diante da ausência de sintomas clínicos específicos da doença (febre e problemas respiratórios como tosse ou falta de ar) e melhora da paciente – uma jovem de 22 anos que havia chegado de Wuhan, na China, local de origem do surto.

“Não recebemos novas notificações até o momento, mas atuar de forma preventiva é fundamental para sucesso contra qualquer doença. Contra o COVID-19, nosso trabalho está focado na orientação dos profissionais quanto à forma adequada de atendimento e da população para a adoção de uma rotina de cuidados preventivos”, explica.

Segundo ela, quem viajou para a China ou para 15 outros países (Alemanha, Austrália, Emirados Árabes Unidos, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Camboja, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Japão, Singapura, Tailândia e Vietnã) deve ficar atento e procurar atendimento médico caso adoeça.

Os principais sintomas do Coronavírus são tosse, febre e dificuldade para respirar. “Febre, tosse e falta de ar são sintomas do Coronavírus e de outras várias doenças. Portanto é importante que pessoas com esse quadro procurem o serviço de saúde para serem diagnosticadas e tratadas conforme a necessidade”, ressalta a secretária. Quem viajou para os países de transmissão ou teve contato com casos suspeitos deve prestar essa informação ao durante o atendimento.

De acordo com a Prefeitura, nas unidades de saúde os profissionais já estão adotando cuidados como uso de máscaras e outros equipamentos de proteção no atendimento aos pacientes que apresentam sintomas respiratórios. A conduta para casos suspeitos de Coronavírus, em que o quadro é moderado ou leve, é para isolamento e acompanhamento do pacientes. Em casos mais graves, a indicação é por internação em leito isolado.

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *