Prefeito Marcus Melo

Marcus Melo anuncia isenção de IPTU e água a famílias afetadas por enchentes

CIDADE

Os alagamentos causados pela forte chuva que caiu entre domingo e segunda desta semana em Mogi das Cruzes trouxeram muitos transtornos, fazendo, inclusive, muitas pessoas perderem seus carros, móveis e até casas. Esse prejuízo todo causou revolta em muitos dos moradores das áreas atingidas, principalmente no Oropó e em Jundiapeba, onde foram realizadas manifestações por parte das famílias.

Em Oropó, um grupo de cerca de 10 pessoas fechou a Avenida Japão ontem à tarde e foi dispersado com a chegada dos Bombeiros. Já em Jundiapeba, em um protesto um pouco maior, populares interditaram os dois sentidos da Avenida Francisco Ferreira Lopes por volta das 20h30 e só saíram com a chegada da Tropa de Choque da Polícia Militar.

Na tentativa de conter as manifestações, o prefeito de Mogi, Marcus Melo, anunciou, na tarde desta terça-feira (12), a isenção do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e de tarifas de água e esgoto para famílias afetadas por inundações em Mogi das Cruzes. “É uma questão humanitária para complementar outras medidas em andamento para prestar assistência aos mogianos prejudicados, desde domingo (10), pela quantidade avassaladora de chuvas que trouxe efeitos ainda mais graves porque as represas fizeram repentinos extravazamentos para não superar seus limites de contenção de águas”. Melo ainda decretou estado de calamidade pública no município.

Segundo a Prefeitura, os projetos de Lei que preveem as isenções serão enviados à Câmara Municipal ainda nesta terça, com o apelo para votação de urgência. A tarifa zero para as contas do Semae valeria por 30 dias, tempo para as famílias afetadas pelas inundações fazerem a higienização das casas sem terem de pagar pelo consumo de água. “A legislação impede que as isenções sejam feitas por decreto. Mas, temos certeza de que receberemos o apoio dos vereadores para aprovar essas propostas, imprescindíveis para levar o mínimo de alento a quem perdeu tudo o que demorou uma vida para construir”, explicou Melo.

Na segunda (11), o prefeito percorreu os pontos mais castigados da cidade – regiões do Oropó e Jundiapeba, além de Biritiba Ussu e Boa Vista – e determinou o fortalecimento das ações de assistência social e de recuperação de áreas públicas destruídas pelas chuvas. “É tudo muito doloroso! Estamos reforçando os trabalhos de todas as equipes da Prefeitura para tentar minimizar os severos impactos sobre a população”.

Uma nota publicada pela Prefeitura disponibilizou as escolas da região para abrigo e prometeu o fornecimento de cestas básicas e colchões aos desabrigados: “Por determinação do prefeito Marcus Melo, escolas das regiões atingidas estão de prontidão para receber famílias que necessitem de abrigo. Equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social estão em todos os locais para o atendimento aos moradores, cadastramento e, quando necessário fornecimento de cestas básicas e colchões”.

Veja também:

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi e Região


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *