Barragem Jundiaí - Mogi das Cruzes SP

Represa Jundiaí, em Mogi, está em estado de alerta após inundações

CIDADE PRIORIDADE

Após chover 148,8 mm em apenas 12 horas, na noite de ontem (10), a Sabesp decidiu decretar estado de alerta para os riscos de transbordamento na Represa Jundiaí, em Mogi das Cruzes.

Segundo o monitoramento do SAISP (Sistema de Alerta e Inundações do Estado de São Paulo), às 2h da manhã desta segunda (11) o rio já havia alcançado a cota de emergência e estava na iminência de transbordar, o que acabou ocorrendo nas horas subsequentes, de acordo com informações de moradores de bairros próximos, como Jardim e Aeroporto e Oropó. Muitos deles relataram alagamentos e enviaram fotos e vídeos para o Notícias de Mogi.

“Estamos presos, esperando a água baixar para tentar limpar nossas casas, depois de perder quase todos os móveis”, disse a leitora Tatiana, completando ainda que a água está muito turva e cheia de cobras.

Foto enviada pela leitora Tatiana, que estava “ilhada” em sua casa

Dados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) mostram que, no momento, a represa está atuando com 102,5% de sua capacidade, o que comprova que houve o transbordamento em alguns trechos.

Protesto

Segundo informações de leitores, no início desta tarde começou um protesto de moradores do bairro do Oropó que tiveram suas casas alagadas ou foram prejudicados de alguma forma pelas enchentes.

Os manifestantes colocaram fogo na via e bloquearam a ponte que dá acesso ao Conjunto Oropó, impedindo a passagem de carros, ônibus e caminhões.

Protesto interdita via no Oropó, em Mogi das Cruzes

Mais chuva

E a previsão para as próximas horas é de mais chuva em Mogi das Cruzes. Ao longo do dia são esperados 15mm de chuva em toda a cidade, sendo que ela deve se estender pela tarde e noite.

O INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) classificou a cidade com o Alerta Laranja, anterior ao Alerta Vermelho, a mais grave das classificações. Em Alerta Laranja, os mogianos devem tomar os seguintes cuidados, segundo o instituto:

  • Evite enfrentar o mau tempo. 
  • Observe alteração nas encostas.
  • Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.
  • Em caso de situação de inundação, ou similar, proteja seus pertences da água envoltos em sacos plásticos.
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi e Região


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *