Fernanda Moreno assume presidência da Comissão de Justiça e Redação da Câmara de Mogi

A Comissão Permanente de Justiça e Redação da Câmara de Mogi das Cruzes terá como presidente, no decorrer do ano de 2021, a vereadora Fernanda Moreno (MDB). É a primeira vez, na história da Casa de Leis mogiana, que uma mulher assume a pasta mais importante, aquela que analisa todos os projetos no Legislativo.

Formada em Gestão de Relações Humanas, pela UBC, e com a experiência de quase uma década atuando nesta Casa de Leis, tanto como assessora e depois, vereadora, Fernanda Moreno prometeu atuar com afinco neste mandato. “Vai ser um grande aprendizado e uma grande responsabilidade e sem sombra de dúvida fazer a diferença”, disse ela, acrescentando em seguida: “Meu objetivo é otimizar e agilizar a tramitação dos projetos que chegam ao Legislativo”.

Moreno afirmou, ainda, que fará encontros periódicos com os vereadores, demais membros do grupo para avaliar os projetos e demais documentos que estiverem em trâmite na Câmara Municipal.

“Vamos trabalhar com total transparência e acabar com essa história de barrar projetos de vereadores. É claro que vamos avaliar a questão da constitucionalidade, que não onere o Executivo, mas precisamos valorizar e resgatar o papel do vereador que é legislar”, afirmou Fernanda, que tem planos de atuar em conjunto com a Procuradoria Jurídica da Casa, além de contar com a participação dos demais membros da Comissão, alguns advogados, que também estarão nas relatorias e análises das matérias.

Também compõem a Comissão de Justiça e Redação os vereadores: Carlos Lucareski (PV), Iduigues Martins (PT), Johnross Jones Lima (PODE) e Milton Lins da Silva (PSD).

Essa notícia foi atualizada em 14 de fevereiro de 2021 20:25

Compartilhar

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais