BRASIL

Definido valor do Lucro do FGTS 2021; saiba quanto você receberá até o dia 31

Em reunião realizada nesta terça-feira (17), o conselho curador do FGTS (CCFGTS) definiu que R$ 8,13 bilhões dos R$ 8,5 bilhões recebidos pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço em lucros serão divididos entre os trabalhadores.

O montante que será repassado como Lucro do FGTS em 2021 é superior ao de 2020. Isto porque o conselho decidiu repartir uma fatia maior dos resultados: no ano passado, foram distribuídos 66,2% dos lucros (R$ 7,5 bilhões), já este ano serão repassados 96% (R$ 8,1 bilhões).

Segundo a Caixa Econômica Federal, os depósitos serão realizados nas contas do FGTS até o dia 31 de agosto. “Após a distribuição do resultado, o valor passa a compor o saldo para fins de saque, de acordo com as regras estabelecidas, como nos casos de demissão sem justa causa, aposentadoria e término de contrato por prazo determinado, entre outras modalidades de saque”, afirmou o banco.

O lucro total do FGTS é definido com a soma da taxa fixa de 3% ao no + a Taxa Referencial + o índice definido pelo Conselho Curador do FGTS. Entretanto, em 2020, o lucro da taxa fixa mais a Taxa Referencial já foi disponibilizado aos trabalhadores, por isto, este ano, será pago somente o percentual definido pelo Conselho Curador do FGTS na reunião.

Terá direito ao Lucro do FGTS trabalhadores que possuíam saldo positivo nas contas vinculadas ao Fundo de Garantia em 31 de dezembro de 2020.

O valor a receber varia de acordo com o saldo – quem tiver mais dinheiro no fundo, recebe um valor maior.

Como calcular o Lucro do FGTS 2021

Para saber quanto vai receber, o trabalhador deverá consultar o extrato do FGTS para verificar quanto tinha em conta em 31 de dezembro de 2020 e multiplicar pelo índice de 0,019, definido pelo CCFGTS. Ou seja, se o trabalhador tinha R$ 1.000 de saldo na conta do FGTS em 31 de dezembro de 2020, receberá R$ 19.

O extrato do FGTS pode ser consultado pelo aplicativo FGTS, disponível no Google Play e App Store, por meio do site do FGTS ou pelo aplicativo da Caixa Econômica Federal, caso o trabalhador seja correntista do banco.

O aplicativo da Caixa para acessar o extrato e outras informações relacionadas ao Fundo de Garantia deve ser baixado nas lojas de aplicativos Google Play (Android) e App Store (iOS). Após fazer o download, é preciso selecionar a opção Cadastre-se, preencher dados como CPF, nome completo, data de nascimento, e-mail e cadastrar uma senha de acesso.

Como sacar o Lucro do FGTS

O saque do Lucro do FGTS fica limitado às mesmas regras para saque do Fundo, o que significa que o dinheiro só poderá ser retirado em casos excepcionais, como demissão sem justa causa, compra da casa própria, fim do contrato por prazo determinado, aposentadoria concedida pela Previdência Social, permanência do trabalhador por três anos ininterruptos fora do regime do FGTS, neste caso, sendo permitido o saque a partir do mês de aniversário do titular da conta, permanência da conta vinculada por três anos ininterruptos sem crédito de depósito, para afastamento ocorrido até 3 de julho de 1990, entre outras alternativas.

Sobre o Lucro do FGTS

A Distribuição do Lucro do FGTS é uma medida legal, introduzida pela Lei nº 13.446/17, que tem como objetivo o incremento da rentabilidade das contas vinculadas FGTS do trabalhador por meio da distribuição do resultado positivo auferido pelo Fundo de Garantia, além da remuneração mensal com aplicação da TR mais 3% ao ano. O resultado do Fundo vem da diferença entre as receitas e despesas do FGTS.

No ano passado, a distribuição dos lucros do FGTS contemplou 167 milhões de contas e repassou R$ 7,5 bilhões. Na ocasião, a rentabilidade total do FGTS ficou em 4,9% e o valor médio pago para cada um girou em torno de R$ 45.

Essa notícia foi atualizada em 17 de agosto de 2021 13:58

Compartilhar

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais