Categorias
BRASIL

Confira opções de cartão de crédito e empréstimo para MEI



Microempreendedores individuais (MEI) contam com opções bastante atrativas de cartão de crédito e empréstimo junto aos bancos e instituições financeiras.



Também chamado de Microcrédito, o empréstimo para MEI conta juros mais baixos que o de empréstimo pessoal, por exemplo. Como o próprio nome indica, os valores disponibilizados por essas linhas de crédito são mais baixos que os fornecidos a empresas maiores. Porém, a aprovação é mais fácil e menos burocrática.



O valor do empréstimo para MEI é proporcional ao limite de faturamento anual do microempreendedor, partindo de R$ 100 a até R$ 20.000. Os valores menores costumam ser liberado para investimento em capital de giro, enquanto os maiores são disponibilizados para investimentos com Infraestrutura (como compra de maquinários e reformas). Os microempreendedores deverão justificar o motivo da solicitação do crédito.



O número de parcelas do empréstimo para MEI varia de acordo com a instituição financeira e a finalidade do recurso – o limite costuma ser menor para capital de giro.



Os bancos costumam exigir que o cliente tenha conta na instituições há, pelo menos, três meses. O pagamento do crédito é realizado por meio de débito automático.

Geralmente, os documentos solicitados para a análise do empréstimo dependem da instituição financeira. Alguns dos que podem ser pedidos são o CPF, RG, Comprovante de residência.

Confira abaixo três opções de empréstimo para MEI:

Cartão de crédito para MEI

cartão de crédito para MEI também é um recurso que pode ajudar muitos microempreendedores individuais a organizarem as finanças da empresa. Porém, ele deve ser utilizado com responsabilidade, para não acabar se endividando.

Com limite de até R$ 2 milhões, o Cartão BNDES possui crédito pré-aprovado para aquisição de bens e serviços credenciados, como máquinas e equipamentos; partes, peças e componentes; insumos para produção; materiais para construção; mobiliário; eletrônicos; serviços de inovação e embalagens; softwares; veículos etc.

Os empreendedores têm até 48 meses para pagar as compras feitas com o cartão de crédito do BNDES, em parcelas mensais e fixas.

Para ter acesso ao recurso é necessário possuir CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica). O cartão pode ser feito por microempreendedores individuais (MEI); micro, pequenas e médias empresas (MPME); além de clubes, sindicatos e associações. Além disso, é necessário que a empresa seja de controle nacional, tenha faturamento de até R$ 300 milhões anuais e esteja em dia com certidões e tributos federais. No caso do MEI, o faturamento anual não poderá ultrapassar R$ 360 mil ao ano.

A taxa de juros do cartão é redefinida todos os meses e está disponível para consulta no Portal de Operações do banco. Em junho de 2023, ela está em 1.5% a.m. Já a taxa administrativa poderá ser cobrada pelo banco emissor no ato da abertura de crédito, sem ultrapassar 2% sobre o limite de crédito concedido.

Cartão Santander

Os cartões empresariais do Santander são outra opção. No banco, existem duas maneiras de zerar a anuidade do seu Cartão MEI. São elas: gastar pelo menos R$ 100 em compras a cada fatura ou cadastrar o CNPJ da sua empresa como chave Pix.

Clientes Santander que possuem o cartão de crédito para MEI têm até 40 dias para pagar as compras. Além disso, a fatura do cartão de crédito MEI Santander pode ser dividida em até 24 vezes.

O cartão de crédito para MEI do Santander funciona com as funções débito e crédito e, assim, você consegue movimentar a conta, fazer transferências e realizar compras parceladas na função crédito.

Cartão Nubank

Cartão Nubank PJ permite que os clientes possam fazer compras com a conta empresarial, ajudando na organização das finanças, separando o dinheiro PF e PJ e minimizando o impacto no caixa da empresa no momento das compras para o negócio.

Com o Cartão PJ com função crédito do Nubank o cliente tem todas as funcionalidades do roxinho: nenhuma anuidade ou tarifas escondidas, aplicativo, acompanhamento de faturas, ajuste do limite de crédito, bloqueio e desbloqueio de cartão, integração com a conta e muito mais.

Na fase de testes, apenas um grupo de clientes da Conta PJ poderá usar o cartão de crédito PJ do Nubank. Caso você seja cliente e já tenha o cartão de débito, você verá a opção de registrar seu interesse na função crédito no app. Se você não tiver essa opção, será preciso esperar mais um pouco. Se você for cliente da Conta mas não tiver o cartão de débito ainda, será preciso pedir o seu, para então ver se você pode registrar o seu interesse pelo app.

Para receber mais novidades sobre finanças e benefícios sociais, entre em nossos grupos no FacebookTelegram e WhatsApp.

Para receber mais notícias sobre finanças e benefícios sociais, entre em nossos canais no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia: