Com o fim do auxílio emergencial, governo vai antecipar 13º do INSS e PIS, diz colunista

Com o fim do calendário de saques do auxílio emergencial ainda este mês, o governo federal decidiu antecipar os pagamentos do 13º salário de aposentados e pensionistas (INSS) e do abono salarial PIS / Pasep em 2021. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

A medida seria uma forma do governo compensar o fim do auxílio emergencial, programa que injetou R$ 254 bilhões na economia e foi a única ou principal renda de milhões de brasileiros. Ao todo, 66,4 milhões receberam pelo menos uma parcela do benefício, segundo a Caixa Econômica Federal.

A ideia, segundo a colunista, é que os pagamentos antecipados do 13º do INSS e do abono salarial PIS/Pasep comecem entre fevereiro e março.

Ainda de acordo com a matéria, a medida é mais viável do que criar novas parcelas do auxílio ou ampliar o Bolsa Família e tem apoio do ministro da Economia, Paulo Guedes, já que não tem custo fiscal, uma vez que esses recursos já estavam previstos no orçamento e serão apenas desembolsados com antecedência pelo governo.

Entre em nosso Grupo no Facebook e confira as últimas notícias sobre o PIS e outros benefícios sociais

PIS / Pasep

O abono salarial é pago a quem trabalhou com carteira assinada ou como funcionário público em 2019; recebeu, em média, até dois salários mínimos por mês; e está inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos.

Com o aumento do salário mínimo, a Caixa Econômica Federal informou que reajustou também o valor do abono salarial do PIS / Pasep de R$ 1.045 para R$ 1.100.

O valor que cada um receberá varia de acordo com o tempo que a pessoa trabalhou. Por exemplo, se trabalhou o ano todo, recebe os R$ 1.100. Se trabalhou um mês, ganha 1/12 do valor, ou seja, R$ 92.

No caso de PIS (funcionário de empresa privada), é possível fazer a consulta pelo Aplicativo Caixa Trabalhador, pelo site da Caixa ou pelo telefone 0800 726 0207.

Para Pasep (servidores públicos) é preciso se informar pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais