MOGI DAS CRUZES

Câmara de Mogi das Cruzes pede que Delegacia da Mulher funcione 24h

Foi aprovada, na sessão ordinária desta terça-feira (10) da Câmara de Mogi das Cruzes, a Moção 118/2021, de autoria dos vereadores Bi Gêmeos (PSD), Inês Paz (PSOL), Fernanda Moreno (MDB), Malu Fernandes (SD) e Edson Santos (PSD). A proposta faz um apelo ao Governo do Estado de São Paulo para que a Delegacia da Mulher funcione 24 horas no município.

“A defesa dos direitos da mulher no combate contra à violência, física, moral ou patrimonial é cada vez mais importante. E que essa não seja uma luta apenas das mulheres. Para a gente romper com essas amarras é importante a luta de todos e de todas”, afirmou Inês Paz.

“Existe um dado que mostra que 44 por cento dos feminicídios acontecem no período da noite. Precisamos de um serviço que realmente atenda as mulheres em situação de violência”, argumentou Malu Fernandes.

É o terceiro ano consecutivo que a Câmara Municipal de Mogi das Cruzes faz esse pedido ao governo estadual. Em 2019, a Casa aprovou um Requerimento (nº 51/2019) e em 2020 uma Moção (05/2019), ambos de autoria do vereador Edson Santos.

“A gente sabe, neste período de pandemia, o quanto aumentou a violência contra a mulher, não somente em Mogi das Cruzes, mas no país todo. O que a gente faz hoje aqui tem valor e a gente está endereçando àqueles que também representam nossa cidade no governo estadual”, afirmou Santos.

Essa notícia foi atualizada em 11 de outubro de 2021 11:54

Compartilhar

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais