MOGI DAS CRUZES

Vereadores pedem que Hospitais Municipal e Luzia voltem a realizar cirurgias eletivas

A Câmara Municipal de Mogi das Cruzes aprovou, na sessão ordinária desta quarta-feira (17), a Moção 10/2021, que apela ao governador João Doria (PSDB) pela liberação do Hospital Luzia de Pinho Melo e o Hospital Municipal Prefeito Waldemar Costa Filho para a realização de cirurgias eletivas e demais procedimentos médicos, suspensos por conta da pandemia do coronavírus (Covid-19).

A Moção também pede ao Estado que torne o Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti uma unidade referência no tratamento da Covid-19 na região do Alto Tietê.

“Sabemos que o Hospital Dr. Arnaldo Pezzutti Cavalcanti possui uma ala nova com 60 leitos concluídos, que podem atender as internações por conta da Covid-19 no Alto Tietê, possibilitando que os referidos hospitais retomem as suas atividades anteriores, atendendo às demandas da população”, argumentou o presidente da Casa, vereador Otto Rezende (PSD), quem apresentou a propositura.

Há onze meses o Hospital Municipal Waldemar Costa Filho está funcionando como uma unidade de saúde referência no combate ao novo coronavírus, suspendendo outros atendimentos médicos.

O mesmo aconteceu com o Hospital Luzia de Pinho Melo que, desde o mês passado, passou a atender apenas casos de urgência e emergência e está com sua Unidade de Terapia Intensiva ocupada por pacientes com a Covid-19.

Essa notícia foi atualizada em 17 de fevereiro de 2021 19:02

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online