EMPREGOS

TJ de SP abre concurso para cargo de nível médio com salário de R$ 4,9 mil

O concurso do TJ de SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) que está com inscrições abertas vai preencher 845 vagas na cargo de escrevente técnico judiciário, que requer nível médio completo e apresenta salário inicial de R$ 4,9 mil.

Vale ressaltar que a remuneração ainda pode contar com adicionais de qualificação: 5% para servidores com curso superior; 7,5% para especialização; 10% para mestrado; e 12,5% para doutorado.

Como benefícios, o escrevente do TJ de SP ainda tem direito a auxílio-alimentação diário de R$ 45, auxílio-saúde de R$ 330 e auxílio-transporte. Além da estabilidade profissional, garantida a toda carreira concursada e de regime estatutário.

O profissional é responsável por executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça, dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material de expediente, atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

Vagas do concurso

Do total de oportunidades do concurso do TJ de SP, 400 são para trabalhar na capital, 60 na Grande SP e 385 em cidades do interior e litoral. Na região de Mogi das Cruzes, por exemplo, são oferecidas 10 oportunidades. Veja abaixo a distribuição completa.

  • Capital –  400
  • São Bernardo do Campo – 10 (incluindo Diadema)
  • Santo André – 10 (incluindo Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e São Caetano do Sul )
  • Osasco – 10 (incluindo Barueri, Carapicuíba, Jandira e Santana de Parnaíba)
  • Guarulhos – 10 (incluindo Arujá, Mairiporã e Santa Isabel)
  • Mogi das Cruzes – 10 (incluindo Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Poá e Suzano
  • Itapecerica da Serra – 10 (incluido Cotia, Embu das Artes, Embu Guaçu, Itapevi, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista)
  • Araçatuba – 20 (incluindo Bilac, Birigui, Buritama, Guararapes, Penápolis e Valparaíso)
  • Cafelândia – 5 (incluindo Getulina e Promissão)
  • Andradina – 5  (incluindo Ilha Solteira, Mirandópolis e Pereira Barreto
  • Auriflama – 5 (incluindo Jales, Palmeira D Oeste, Santa Fé do Sul e Urânia
  • Bauru – 20 (incluindo Agudos, Duartina, Lençois Paulista, Pirajuí e Piratininga)
  • Botucatu – 5 (incluindo Conchas, Itatinga e São Manuel)
  • Avaré –  5 (incluindo Cerqueira Cesar, Fartura, Itaí, Paranapanema e Taquarituba
  • Chavantes – 5 (incluindo Ipauçu, Ourinhos, Piraju e Santa Cruz do Rio Pardo)
  • Bariri – 5 (incluindo Barra Bonita , Dois Corregos, Jaú, Macatuba e Pederneiras) 
  • Campinas – 20 (incluindo Cosmópolis , Paulínia, Valinhos e Vila Mimosa – Campinas)
  • Jundiaí – 5 (incluindo Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Itatiba, Itupeva, Louveira, Várzea Paulista e Vinhedo)
  • Bragança Paulista – 5 (incluindo Atibaia, Jarinu, Nazaré paulista, Pinhalzinho e Piracaia
  • Mogi Mirim – 5 (incluindo Artur Nogueira, Conchal, Itapira e Moji Guaçu)
  • Rio Claro – 5 (incluindo Brotas e Itirapina)
  • Limeira – 5 (incluindo Araras e Cordeirópolis) 
  • Pirassununga –  5 (incluindo Leme Porto Ferreira e Santa Rita do Passa Quatro)
  • Piracicaba – 5 (incluindo Capivari, Cerquilho, Laranjal Paulista, Monte Mor, Rio das Pedras, São Pedro e Tietê)
  • São João da Boa vista – 5 (incluindo Espírito Santo do Pinhal e Vargem Grande do Sul)
  • Americana – 5 (incluindo Hortolândia, Nova Odessa, Santa Barbara DOeste e Sumaré)
  • Amparo – 5 (incluindo Águas de Lindóia, Jaguariuna, Pedreira, Serra Negra e Socorro)
  • Presidente Prudente – 20 (incluindo Iepê, Martinópolis, Pirapozinho, Presidente Bernardes . Rancharia e Regente Feijó)
  • Assis – 5 (incluindo Cândido Mota, Maracaí, Palmital, Paraguaçu Paulista e Quatá)
  • Mirante do Paranapanema – 5 (incluindo Presidente Epitácio Presidente Venceslau, Rosana, Santo Anastácio e Teodoro Sampaio)
  • Dracena – 5 (incluindo Junqueirópolis, Pacaembu, Panorama e Tupi Paulista)
  • Adamantina – 5 (incluindo Bastos, Flórida Paulista, Lucélia, Osvaldo Cruz , Tupá)
  • Gália – 5 (incluindo Garça, Marília e Pompeia)
  • Ribeirão Preto – 20 (incluindo Cajuru, Cravinhos, Jardinópolis, Pontal, Santa Rosa do Viterbo, São Simão, Serrana e Sertãozinho)
  • Descalvado – 5 (incluindo Ibaté, Ribeirão Bonito e São Carlos)
  • Américo Brasiliense – 5 (incluindo Araraquara, Borborema, Iacanga, Ibitinga, Itápolis e Matão)
  • Franca – 5 (incluindo Patrocínio Paulista  e Pedregulho)
  • Altinopolis – 5 (incluindo Batatais, Brodowski, Morro Agudo, Nuporanga e Orlândia
  • Guará – 5 (incluindo Igarapava  , Ipuã, Ituverava, Miguelópolis e São Joaquim da Barra)
  • Guariba – 5 (incluindo Jaboticabal, Monte alto , Pirangi, Pitangueiras e Taquaritinga)
  • Caconde – 5 (incluindo Casa Branca, Mococa, Santa Cruz das Palmeiras, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Gama e Tambau)
  • Santos – 20 (incluindo Bertioga, Cubatão, Guarujá, Praia Grande e São vicente)
  • Cananéia – 5 (incluindo Eldorado , Iguape, jacupiranga , Juquia, Miracatu, Pariquera Açu e REgistro)
  • Itanhaém – 5 (incluindo Itariri, Mongaguá e Peruíbe)
  • São José do Rio Preto – 20 (incluindo José Bonifácio, Macaubal, Mirassol, Monte Aprazivel, Neves Paulista, Nova Granada, Palestina , Paulo de Faria, Potirendaba e Tanabi)
  • Barretos – 5 (incluindo Bebedouro, Colina, Guaíra, Monte Azul Paulista, Olímpia e Viradouro)
  • Catanduva – 5 (incluindo Itajobi, Novo Horizonte, Santa Adélia, Tabapuã e Urupês)
  • Cardoso – 5 (incluindo Nhandeara e Votuporanga)
  • Estrela D Oeste -5 (incluindo Fernandópolis, General Salgado e Ouroeste) 
  • São José dos Campos – 20 (incluindo Jacareí , Paraíbuna, Salesópolis e Santa Branca)
  • Caçapava – 5 (incluindo Campos do Jordão, Pindamonhangaba, São Bento do Sapucaí, São Luiz do Paraítinga, Taubaté e Tremembé)
  • Aparecida -5 (incluindo Bananal, Cachoeira Paulista, Cruzeiro, Cunha, Guaratinguetá,  Lorena, Piquete, Queluz e Roseira)
  • Caraguatatuba -5 (incluindo Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba) 
  • Sorocaba – 20 (incluindo Ibiúna , Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Salto de Pirapora, São Roque e Votorantim)
  • Boituva -5 (incluindo Cabreúva, Indaiatuba, Itú, Porto Feliz e salto)
  • Angatuba -5 (incluindo Capão Bonito, Cesário Lange, Itapetininga, Porangaba, Tatuí e São Miguel Arcanjo)
  • Apiaí – 5 (incluindo Buri, Itaberá, Itapeva, Itaporanga e Itararé)

Inscrição e provas

A inscrição para o concurso do TJ de SP poderá ser realizadas até as 16h do dia 2 de setembro de 2021 por meio do site da Fundação Vunesp, organizadora da seleção. A taxa para se inscrever é de 79.

Os candidatos serão submetidos a uma prova objetiva com 100 questões de múltipla escolha sobre as seguintes disciplinas: língua portuguesa (24 questões), conhecimentos em direito (40), atualidades (6), matemática (6), informática (14) e raciocínio lógico (10).

O exame será aplicado no dia 31 de outubro e deverá ser concluído em, no máximo, cinco horas. Informações sobre o horário e local da avaliação serão divulgadas oportunamente pela Vunesp.

Na segunda fase do concurso do TJ de SP, os candidatos convocados realizarão prova prática de formatação e digitação de texto utilizando o editor Microsoft Word 2016.

A seleção terá validade de um ano, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período.

Confira mais detalhes no Edital do Concurso para Escrevente do TJ de SP 2021

Essa notícia foi atualizada em 6 de agosto de 2021 16:51

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online