MOGI DAS CRUZES

Spani de Braz Cubas suspende demissão de 105 funcionários, diz prefeito

O Spani Atacadista suspendeu a demissão coletiva de 105 funcionários que trabalhavam na unidade de Braz Cubas, em Mogi das Cruzes. A informação foi divulgada no início da tarde desta quinta-feira (9) pelo prefeito Marcus Melo.

Os colaboradores, que já estavam cumprindo aviso prévio desde 1° de abril, seriam demitidos devido ao fato de ter não ter sido renovado o contrato de locação do imóvel onde a loja está instalada desde 2004. Segundo a empresa, a renegociação do valor do aluguel estava ‘sub judice’ (aguardando determinação judicial) desde novembro de 2016 e, ao final do processo, eles avaliaram que o valor arbitrado pela Justiça para a continuidade do contrato de locação impossibilitaria e ameaçaria o equilíbrio econômico-financeiro da unidade.

Na manhã desta quinta, Melo se reuniu com o presidente do Grupo Zaragoza, Cléber Denis Santana Gomez, que controla a rede atacadista. O objetivo da reunião foi encontrar uma solução para que o Spani continue atendendo na cidade e não precise demitir os mais de 100 funcionários.

“Conversamos com o diretor-presidente do grupo, que suspendeu as demissões e nos colocamos a disposição para encontrar um novo local para a unidade. Entendemos que é um momento difícil e estamos trabalhando para auxiliar os empresários e empreendedores da cidade”, disse Marcus Melo.

De acordo com o prefeito, além de suspender a demissão coletiva, “a Prefeitura colocará toda a sua estrutura para ajudar a empresa a encontrar uma nova área para sua loja”.

“Estamos felizes principalmente pelos nossos colaboradores que formam uma equipe muito competente e comprometida com o trabalho. Outro fator que nos sensibilizou bastante foi a mobilização dos clientes que se manifestaram tanto pessoalmente, quanto nas redes sociais para que continuássemos na cidade e, finalmente, o empenho da prefeitura foi decisivo para a manutenção da nossa operação no município”, afirmou o presidente do Grupo Zaragoza.

O fechamento da unidade de Braz Cubas estava previsto para o próximo dia 18, no entanto, segundo a administração municipal, a empresa permanecerá no endereço até o dia 31 de maio.

A reunião contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Econômico e Social, Simei Baldani, o diretor de Desenvolvimento Econômico e Social Claudio Costa, o diretor da Sala do Empreendedor, Luiz Pinheiro e a diretora do Emprega Mogi, Glaucia Coutinho.

Foto: Facebook / Marcus Melo

Essa notícia foi atualizada em 9 de abril de 2020 18:30

Compartilhar
Tudo sobre: Braz Cubas
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online