MOGI DAS CRUZES

Secretários e vereadores de Mogi discutem a retomada de projetos musicais

Na manhã de ontem (12), uma comitiva da Prefeitura de Mogi das Cruzes se reuniu com vereadores do município para atualizar os membros do Legislativo sobre o processo de retomada remota dos projetos de música da Secretaria de Educação, como é o caso ‘Pequenos Músicos… Grandes Acordes na Escola’, gerido pela Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes, e o “Pra Ver a Banda Passar”, da Associação dos Regentes de Fanfarras e Bandas de Mogi das Cruzes.

A reunião contou com a participação dos secretários municipais de Governo, Francisco Cochi Camargo, e de Educação, André Stábile; de representantes das entidades Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes e Associação dos Regentes de Fanfarras e Bandas de Mogi das Cruzes; e da Comissão de Educação da Câmara de Mogi das Cruzes, composta pela presidente Malu Fernandes e pelos vereadores Edu Ota, Inês Paz, José Luiz Furtado e Milton Lins, o Bigêmeos. O presidente da Casa, Otto Rezende, e outros parlamentares, como Francimário Vieira, o Farofa, e Marcos Furlan, também participaram da reunião.

Os secretários municipais alegaram que houve uma tramitação, observando todas as premissas legais, e neste momento o processo se encontra em fase de conclusão dos ajustes de todas as partes para a continuidade do serviço.

“Após análise do Conselho Municipal de Educação, os projetos foram aperfeiçoados para aplicação no retorno híbrido das aulas, prevendo inclusive metas e indicadores organizados em conjunto com as entidades responsáveis.  Entre estas adequações, foi considerado o cenário pandêmico para o estabelecimento do modelo de aula a serem aplicadas nesta realidade”, afirmou, em nota, a Prefeitura Municipal.

“Vamos acompanhar e fiscalizar os trâmites para a retomada destes projetos no município, auxiliando tanto o Executivo quanto as entidades responsáveis pelo serviço”, disse a presidente da Comissão de Educação, Malu Fernandes.

Segundo o secretário de Educação, André Stábile, além de reforçar a transparência da gestão municipal, o objetivo da reunião também foi fazer um chamamento aos vereadores para a construção de um pacto municipal pela Educação. “Conseguimos estabelecer um avanço para a continuidade do projeto por meio de uma publicação de um termo de colaboração entre a Prefeitura e a associação responsável, para que possamos garantir uma educação musical da mais alta qualidade para os alunos da rede municipal”, concluiu.

Foto: Divulgação/CMMC

O Projeto “Pequenos Músicos… Grandes Acordes na Escola” atendeu em 2020 um total de 11 mil alunos em 22 escolas, enquanto o projeto “Pra Ver a Banda Passar” tem um escopo para o atendimento de 19 mil alunos em 25 escolas.

“Estamos confiantes de que o trabalho realizado pela Associação Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes à frente de um dos maiores programas sinfônicos do Brasil, o projeto municipal ‘Pequenos Músicos’ terá sua continuidade. A Prefeitura está fazendo o possível e nós estamos prontos para iniciar assim que os termos de colaboração forem assinados”, disse o Maestro Lelis Gerson, acrescentando que, além da continuidade dos estudos de música, essas crianças e jovens passam a ter novas possibilidades em suas carreiras, seja na música ou em qualquer outra área que escolher, “já que a música tem o poder de transformar indivíduos”, afirma.

Essa notícia foi atualizada em 13 de maio de 2021 10:39

Compartilhar

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais