MOGI DAS CRUZES

Prefeitura de Mogi das Cruzes realiza limpeza superficial em trecho do rio Tietê

Uma equipe da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Mogi das Cruzes realizou, na manhã desta quarta-feira (4), a limpeza superficial na lâmina d’água do trecho do rio Tietê sob a ponte da avenida Prefeito Carlos Ferreira Lopes, no Jardim Rodeio.

A atitude foi tomada depois que a Delegacia do Meio Ambiente de Mogi abriu, em fevereiro, um inquérito para apurar crimes ambientais no Rio Tietê.

A limpeza foi feita pela Prefeitura, sob coordenação do secretário municipal de Serviços Urbanos, Dirceu Lorena de Meira, após autorização emitida pelo DAEE. O trabalho começou às 8 horas e foi encerrado às 11 horas. Após o término do serviço, a pista foi lavada e liberada ao trânsito.

De acordo com a administração municipal, foram retiradas cerca de 68 toneladas de material, incluindo garrafas plásticas, restos de sacolas, bolas, entre outros objetos. Para isto, foram mobilizados uma máquina escavadeira, três caminhões e carros de apoio, além de funcionários da pasta.

O trânsito no local foi interrompido para a realização do serviço: “Começamos bem cedo e a ação transcorreu conforme o planejado. Retiramos todo o material e já deixamos um caminhão preparado para receber os objetos, dando-lhes a destinação adequada”, comentou o secretário Dirceu Meira.

Segundo a Prefeitura, a responsabilidade por ações como limpeza e desassoreamento do rio Tietê é do DAEE, no entanto, ela considerou que a presença de lixo na lâmina d’água exigiria uma solução e, por isso, solicitou ao órgão estadual uma autorização para realizar o trabalho. A iniciativa partiu da Defesa Civil do município, que faz o monitoramento contínuo do nível do rio e informou a Secretaria do Verde sobre a situação. Isso deu origem a um ofício, datado de 18 de fevereiro deste ano e endereçado à diretora da Bacia do Alto Tietê – DAEE, Seika Ono, relatando a situação do rio.

A resposta veio na segunda-feira, dia 2 de março: “Em atenção à solicitação, conforme o ofício nº 110/2020, de 18/02/2020, em anexo, da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes, autorizamos a retirada de resíduos superficiais, diversos, do rio Tietê, nas proximidades da ponte da avenida Prefeito Carlos Ferreira Lopes, bairro do Rodeio, no município de Mogi das Cruzes”. Com o aval, a Secretaria de Serviços Urbanos informa que aguardou a interrupção da chuva, na segunda e terça-feira, para realização a ação.

O secretário municipal do Verde e Meio, Daniel Teixeira de Lima, afirmou que o acúmulo do material no rio também é uma questão de educação ambiental. Ele disse que a cidade possui coleta de lixo regular, conta com o Programa Recicla + Mogi – que percorre os bairros três vezes por semana – e ações permanentes como o Cata-Tranqueira, que recolhe objetos sem uso e igualmente percorre os bairros, sempre com uma programação prévia para atendimento à população: “Era uma situação emergencial, que precisava de uma resposta, e a Prefeitura trabalhou muito bem hoje. Temos várias ações que estimulam a destinação correta dos resíduos sólidos e é fundamental que todos colaborem, afinal o cuidado com o meio ambiente é uma responsabilidade de todos”, completou.

Essa notícia foi atualizada em 4 de março de 2020 15:07

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online