MOGI DAS CRUZES

Prefeito Caio Cunha visita região suscetível a alagamentos em Cezar de Souza

O prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha, vistoriou, nesta terça-feira (5), o encontro das avenidas Ricieri José Marcatto e Catarina Carrera Marcatto, no distrito de Cezar de Souza. Ao lado da vice-prefeita Priscila Yamagami, do secretário municipal de Segurança, André Ikari, e representantes da Defesa Civil do município, ele fez uma verificação no local, conversou com comerciantes e moradores sobre problemas causados pelas chuvas.

Durante a visita foi feita uma análise geral da situação da região que enfrenta problemas de alagamentos nos dias de chuvas mais fortes, como aconteceu na tarde de segunda-feira (4) – confira na foto abaixo, enviada pela Juliana Santiago, leitora do NM:

Rua Catarina Carrera Marcatto

De acordo com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, o local receberá ações coordenadas entre a Defesa Civil e a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, também com a participação do Semae.

“Vamos trabalhar com ações integradas entre as secretarias, que dialogam em busca de soluções para os problemas da população. O objetivo é prevenir as questões. Aqui de Cezar de Souza, será feito um trabalho de limpeza no córrego que passa ao lado da linha férrea e um levantamento sobre outras ações que podem ser adotadas”, afirmou Caio Cunha.

O prefeito disse, ainda, que durante todo o mês de janeiro será realizada uma ação coordenada entre as secretarias municipais para identificar e prevenir problemas causados pelas chuvas de verão. Na segunda-feira (4), foi feita uma vistoria no piscinão localizado no Parque Santana. As próximas visitas deverão contar com a participação da Secretaria Municipal de Assistência Social.

“Queremos antecipar os problemas para combater os prejuízos à população, trabalhando com cruzamento de dados e ações conjuntas entre os diversos setores da Prefeitura”, completou Caio Cunha.

Foto: Prefeitura de Mogi das Cruzes

A vice-prefeita, Priscila Yamagami, destacou a importância da participação dos moradores também é importante neste trabalho preventivo. “A população tem um papel fundamental de auxílio à comunidade. Entre as ações está o descarte correto de lixo e entulho, evitando assim que estes materiais acabem indo para os córregos e o sistema de drenagem”, disse ela.

Mogi das Cruzes conta com três Ecopontos para descarte de móveis e objetos sem uso. Eles funcionam todos os dias, das 6h30 às 18h30, e ficam no Jardim Armênia (rua Júlio Perotti, 56), Parque Olímpico (avenida Prefeito Maurílio de Souza Leite Filho, s/nº) e Jundiapeba (rua Manoel Fernandes, 44, esquina com a avenida João de Souza Franco).

Essa notícia foi atualizada em 5 de janeiro de 2021 18:40

Compartilhar

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais