BRASIL

PIS Pasep: veja até quando é possível sacar o abono salarial em 2022

O calendário de pagamentos do PIS Pasep (ano-base 2020) foi concluído em março de 2022. Mesmo assim, milhares de trabalhadores ainda não sacaram o valor, que pode chegar a R$ 1.212.

No ano passado, quando foram pagos os valores referentes ao ano-base 2019, ainda ficaram cerca de R$ 200 milhões do benefício esquecidos por 320 mil trabalhadores. Já em relação ao pagamento do ano-base 2020, cerca de R$ 400 milhões do benefício ainda não foram sacados.

Com o Programa de Integração Social (PIS), o empregado da iniciativa privada tem acesso aos benefícios determinados por lei e ainda colabora para o desenvolvimento das empresas do setor. O Programa de Integração Social (PIS) busca a integração do empregado do setor privado com o desenvolvimento da empresa. O pagamento do PIS é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal.

O Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), com o qual União, Estados, Municípios, Distrito Federal e territórios contribuíam com o fundo destinado aos empregados do setor público. O pagamento do PASEP é feito pelo Banco do Brasil.​

O Fundo PIS Pasep é resultante da unificação dos fundos constituídos com recursos do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP).

Quem recebe PIS Pasep?

Para receber o abono salarial o trabalhador precisa estar inscrito no PIS Pasep há, pelo menos, cinco anos, e ter trabalhado formalmente por, no mínimo, 30 dias no ano-base considerado para a apuração (2020), com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Os empregados domésticos, trabalhadores rurais empregados por pessoa física, trabalhadores urbanos empregados por pessoa física e os trabalhadores empregados por pessoa física, equiparada a jurídica não tem direito a sacar o abono salarial.

Qual o valor do PIS Pasep?

O valor do PIS Pasep é composto por 1/12 do salário mínimo, multiplicado pelo número de meses trabalhados no ano correspondente. Ou seja, se o beneficiário trabalhou o ano todo de 2020, recebe um salário mínimo de abono, que em 2022 é de R$ 1.212. Se trabalhou um mês, recebe R$ 101.

Qual o prazo para sacar o PIS Pasep em 2022?

Caso o trabalhador não tenha sacado os valores do ano-base de 2019 ou 2020, terá o prazo para movimentação dos valores até o dia 29 de dezembro de 2022.

Como consultar o PIS/Pasep?

  • Baixe o aplicativo Carteira de Trabalho Digital, vá na opção Benefício e clique em Abono PIS/Pasep
  • Através do e-mail trabalho.uf@economia.gov.br trocando a sigla “uf” antes da arroba pela sigla no seu estado. Por exemplo, caso você esteja na Bahia, o e-mail seria trabalho.ba@economia.gov.br
  • Entrando em contato com a central do trabalhador, pelo número 158. Lembre-se que nessa chamada serão requisitados seus dados pessoais.

Também há a possibilidade que o trabalhador compareça a uma unidade da Superintendência do Ministério do Trabalho para esclarecer maiores dúvidas. No Aplicativo CAIXA Trabalhador, você se informa sobre o Abono Salarial e o Seguro-Desemprego, confere o calendário de pagamentos, consulta as parcelas liberadas e ainda tira dúvidas.

Documentos de identificação aceitos para o saque

  • Carteira de Identidade
  • Carteira de Habilitação (modelo novo)
  • Carteira Funcional reconhecida por Decreto
  • Identidade Militar
  • Carteira de Identidade de Estrangeiros
  • Passaporte emitido no Brasil ou no exterior

Para receber mais novidades sobre benefícios sociais, entre em nossos grupos no Facebook e Telegram

Essa notícia foi atualizada em 22 de junho de 2022 08:47

Compartilhar
Tudo sobre: PIS Pasep
Redação

E-mail: contato@noticiasdemogi.com.br