Shammell - Mogi Basquete

Em virada brilhante, Mogi Basquete vence o Botafogo no Hugão

ESPORTES
Quando acabou o primeiro tempo do jogo entre o Mogi Basquete e o Botafogo, no Ginásio Municipal Professor Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes, na noite desta sexta-feira (16), parecia que o jogo já estava praticamente entregue. Com 11 pontos de vantagem e uma equipe que, até então, vinha mais entrosada que a do Mogi, a impressão é que a noite seria do Botafogo.

Acontece que o intervalo fez bem para os mogianos, que voltaram para a quadra com outra postura e um bom desempenho ofensivo, com destaque para Luís Gruber, que anotou 21 pontos; Arthur Pecos, com 20; e Gui Deodato, com 18.

“A defesa e a atitude que a gente voltou no terceiro quarto foram determinantes para a vitória desta noite. A gente conseguiu empatar e virar, o que nos deu confiança para levar o jogo a nosso favor até o final. Principalmente na parte defensiva, a gente teve uma mudança de atitude muito boa e conseguiu pressioná-los bem, fazendo-os cometer vários erros. A gente se encontrou no segundo tempo e conseguiu colocar em prática o que vem treinando.”, afirmou Gruber, que retornou às quadras depois de uma lesão no joelho esquerdo.

Essa foi a primeira vitória de Cadum Guimarães no comando da equipe. O treinador interino está suprindo a ausência e Guerrinha, suspenso por seis meses devido ao caso de dopping do ala Shammell. “O jogo foi uma montanha russa de emoções dentro da quadra. A gente tinha uma preocupação de ser intenso os 40 minutos. Em alguns momentos, eles foram mais intensos do que nós, porém. Começamos bem, mas depois deixamos o Botafogo entrar no jogo e dominar o primeiro tempo. No segundo tempo, reagimos bem (60 a 32). O time marcou muito melhor e se envolveu mais no jogo durante os dois quartos finais. Ficamos mais com a bola na mão e tivemos mais volume de jogo. Precisávamos vencer e o time está de parabéns pela reação do segundo tempo”, avaliou Cadum .

O jogo terminou 89 a 72 para o Mogi. Nos placares parciais: 19 a 19 no primeiro quarto, 10 a 21 no segundo, 27 a 15 no terceiro período e 33 a 17 no último.

A vitória quebra a má fase pela qual o time vinha passando, com três derrotas consecutivas no NBB (Paulistano, Corinthians e Pinheiros).

O Mogi Basquete permanece na quinta posição da tabela, com 16 vitórias e oito derrotas, alcançando 66,7% de aproveitamento. Seu próximo jogo é contra o Franca, no dia 24 de março, às 11h, na casa do adversário.

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *