Lagos do Parque Centenário transbordam e interditam pista de caminhada

O volume de água dos lagos do Parque Centenário, em Mogi das Cruzes, aumentou consideravelmente depois da chuva que caiu na cidade entre quarta e quinta-feira. O transbordamento fez com que a pista de caminhada tivesse que ser interditada nesta manhã pela Secretaria do Verde e Meio Ambiente.

De acordo com a Prefeitura de Mogi, o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima, acompanha a situação. “Há um protocolo de atuação definido para situações como esta, que inclui isolar as áreas afetadas, informando os frequentadores o que já aconteceu. Além disso, a Guarda Municipal está presente no parque todos os dias e contribui para orientar as pessoas, zelando pela segurança do público de uma forma geral”, disse o secretário, acrescentando que o parque continua funcionando normalmente.

Localizado às margens do rio Tietê, o Parque Centenário é uma região de várzea e a água que se acumula em sua área deixa de seguir pelo rio Tietê, contribuindo para manter o nível do rio mais baixo. Nesta quinta-feira (6), por exemplo, o nível do Tietê no ponto de medição da Ponte Grande é de 3,35 metros, sendo que o limite para extravasão é de 3,60 metros. “O parque foi construído também com o objetivo de ajudar na preservação dessa área de várzea do rio”, diz o secretário do Verde.

Segundo a administração municipal, somente no mês de fevereiro, já choveu 115,8 milímetros em Mogi das Cruzes.


Gostou do conteúdo? Ele é e sempre será 100% aberto e gratuito, no entanto, se considerá-lo importante e necessário, você pode apoiar nosso trabalho fazendo uma doação

Compartilhar
Publicado por
Leandro Cesaroni

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais