Governo de SP enviará 10 respiradores ao Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti, em Mogi

PUBLICIDADE

O Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti, situado no distrito de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes, receberá 10 respiradores do Governo de SP para tratamento a pacientes com o novo coronavírus. A informação foi divulgada pelo prefeito Marcus Melo.

“Ótima notícia que recebi do Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. Mogi está recebendo mais 10 respiradores do governo do Estado. Eles serão instalados no Centro Especializado em Reabilitação Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti. Com isso, vamos aumentar nossa capacidade de atender os casos mais graves do coronavírus, que precisam desse tipo de equipamento, apoiando a região do Alto Tietê“, afirmou o prefeito.

Conforme dito por Melo, a disponibilização dos aparelhos possibilitará a ampliação da capacidade de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na cidade, que atualmente está em 51,6%, segundo dados divulgados pela Prefeitura de Mogi das Cruzes. Dos 118 leitos existentes nas redes pública e particular, há 57 disponíveis.

PUBLICIDADE

Autorização para 60 leitos

No dia 14 de maio, o deputado federal e ex-prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli (PSD), anunciou que o governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), havia confirmado a destinação de 60 leitos do Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti para atendimento a mogianos em tratamento contra o novo coronavírus.

“O Hospital Arnaldo Pezzuti Cavalcanti, na divisa entre Jundiapeba e Suzano, tem uma ala nova, pronta para instalar atenção a dependentes químicos. O Governo do Estado de São Paulo ainda não instalou a ala de dependentes químicos e, por solicitação nossa, vai instalar 60 leitos para atender pacientes com Covid-19″, afirmou o parlamentar, detalhando que seriam abertos 30 leitos de enfermaria e 30 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

PUBLICIDADE

Segundo Bertaiolli, entretanto, a implantação dos leitos dependeria da necessidade do município, considerando a ocupação dos leitos já existentes, critério que tem sido reforçado pelo governo estadual.

Cobrança dos prefeitos

No dia 6 de julho, a direção do Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê) encaminhou um ofício à Secretaria de Estado da Saúde cobrando a atualização do cronograma de implantação dos leitos tanto no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti quanto no Hospital das Clínicas Auxiliar de Suzano que, segundo o consórcio, estava prevista para junho.

O Condemat também protocolou, no Ministério Público Federal (MPF),  o pedido para acompanhamento da execução dos compromissos assumidos pelo Governo do Estado para a ampliação da capacidade hospitalar do Alto Tietê.

“A maior necessidade do Alto Tietê está em leitos de UTI. É essencial que o Estado cumpra o que foi prometido para que a região tenha condições de evoluir no atendimento à população e no cumprimento dos critérios para evoluir nas fases do Plano SP”, ressaltou a direção do Condemat.

Confira as últimas notícias sobre coronavírus em Mogi das Cruzes e Região

Deixe um comentário

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais