Categorias
ALTO TIETÊ

Governador Tarcísio de Freitas confirma que Suzano ganhará Baep e alça do Rodoanel



Em visita à Suzano para inauguração do Hospital Regional do Alto Tietê (HRAT), na manhã desta terça-feira (5), o governador Tarcísio de Freitas anunciou que a cidade ganhará uma unidade do Baep (Batalhão de Ações Especiais) da Polícia Militar (PM-SP) e uma alça de acesso ao Rodoanel Mário Covas (SP-21).



Ao elogiar o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, Tarcísio declarou: “Fez um grande trabalho e vai levar muitas coisas. Está trazendo um Baep para Suzano, porque segurança pública é uma das prioridades do Estado de SP. Vai levar a alça do Rodoanel e essa é uma das prioridades também. Esse ano a obra começa, então a mobilização já está acontecendo e em breve a gente vai ver as máquinas lá trabalhando a todo o vapor. E já está levando também um ‘recapezinho'”, disse o governador, fazendo referência à destinação de R$ 4,5 milhões em emendas para serviços de recapeamento asfáltico para sete vias municipais.



“Em janeiro a gente começa a operação do CAEP [Companhia de Ações Especiais da Polícia Militar] e futuro BAEP aqui na região. Obrigado por esse presente e obrigado pelo senhor ter tido um olhar diferenciado para uma questão histórica aqui na nossa região, que é a alça do Rodoanel”, agradeceu o prefeito Rodrigo Ashiuchi.



De acordo com a administração municipal, o local que abrigará a divisão da PM-SP ainda está sendo definido. Os policiais que atuam em Caeps recebem treinamento do Comando de Policiamento de Choque, do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), entre outros grupamentos de elite pertencentes à corporação.



Com relação ao acesso ao Rodoanel, o objetivo da Prefeitura de Suzano é concretizar esse projeto com a implantação da alça na avenida Major Pinheiro Fróes (SP-66), no limite com Poá, facilitando o acesso ao município e beneficiando também a ligação com Mogi das Cruzes e Ferraz de Vasconcelos.

Veja o vídeo do governador em Suzano

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece em Suzano? Entre em nosso Grupo no WhatsApp

Por Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP