Retorno - Avenida Francisco Rodrigues Filho

Fim do retorno na av. Francisco Rodrigues Filho divide opiniões em Mogi

CIDADE
Na última semana, a Prefeitura de Mogi das Cruzes fechou o retorno que existia na Avenida Francisco Rodrigues Filho, próximo ao Parque Centenário. A intervenção, segundo a administração municipal, foi feita para melhorar a segurança na via.

A necessidade de acabar com o retorno surgiu depois que uma unidade do Colégio Objetivo foi inaugurada no local, o que teria aumentado substancialmente o número de veículos na avenida, informou a Prefeitura. “Chegam também diariamente reclamações da região sobre estacionamento irregular, nos horários de entrada e saída dos alunos, que aumenta ainda mais o risco de acidentes na avenida”, diz a nota publicada em uma página no Facebook administrada pela Prefeitura.

Apesar das explicações, o fim do retorno tem dividido as opiniões dos mogianos. Uma moradora de Cezar de Souza que não se identificou publicou um vídeo nas redes sociais questionando os funcionários da Prefeitura que estavam realizando as obras de fechamento. “Qual o motivo deste serviço? Por que será? Porque o nome Objetivo está incomodando nosso prefeito Marcus Melo, que por acaso é dono do [Colégio] Brasilis?”, indagou ela, mas os funcionários preferiram não se manifestar.

“Acho que não é só isso. Há muitos empreendimentos nessa região e o escoamento é horrível. Não adianta ficar liberando alvarás se não há uma estruturação para os veículos!”, disse Maria Adriana.

A nota da Prefeitura termina afirmando que manter o retorno que havia no local vai absolutamente contra as normas de segurança no trânsito. “A Prefeitura respeita as queixas de alguns pais contra as mudanças no trânsito da região, mas entende que a obrigação do Poder Público é garantir a melhor fluidez possível e melhorar a segurança viária para a maioria da população.”

Na opinião de Alessandro Silveira, a administração fez bem em acabar com o retorno. “Parabéns pela ação tomada a fim de garantir a segurança não só dos pais e alunos, mas também de todos que utilizam a via”, comentou ele.

Adriana Regina também está de acordo com a administração municipal. “Segurança em primeiro lugar”, afirmou.

A Prefeitura diz, ainda, que “os motoristas que vem da região de Cezar e Botujuru e que pretendem deixar seus filhos no local podem fazer o retorno com segurança na rotatória existente à frente”.

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *