MOGI DAS CRUZES

Empresários de Mogi das Cruzes cobram solução da EDP para quedas de energia

A Associação Gestora do Distrito Industrial do Taboão (Agestab), em Mogi das Cruzes, se reuniu com representantes da EDP Bandeirante a fim de buscar uma solução para as constantes quedas de energia. Um encontro online foi realizado na tarde de segunda-feira (24) e contou com a participação de 21 empresários e de profissionais da concessionária ligados às áreas técnica, de planejamento, da qualidade, e dos setores operacional e de atendimento. 

Os empresários reclamam que as quedas de energia passaram a ocorrer de forma frequente nas últimas semanas, o que prejudica diretamente a produção.

Outro problema apontado são os longos tempos de espera até o reparo. Segundo a Agestab, entre os dias 16 e 18 de janeiro, algumas empresas do Taboão chegaram a ficar até 24 horas sem energia.

“Esta reunião tem como objetivo principal estreitar a relação da Agestab com a EDP e mostrar como as falhas no sistema de distribuição de energia tem nos prejudicado. Solicitamos um atendimento mais efetivo e com prazos menores”, afirmou o presidente da Associação Gestora, Osvaldo Baradel.

Segundo Baradel, as quedas de curta duração, as chamadas “piscadas de energia”, são tão prejudiciais quanto os longos períodos sem o serviço. “Quando ocorre a queda, mesmo que seja por 30 segundos, impacta diretamente na produção, porque as máquinas da fábrica param. Corremos o risco, inclusive, das máquinas queimarem ou serem danificadas”, contou. 

Estas “piscadas”, segundo os empresários, estão ocorrendo com maior frequência neste mês de janeiro. A média, de acordo com eles, é de até cinco pequenas quedas por dia, mesmo em dias sem chuva. 

Procurada pela reportagem, a EDP afirmou que as chuvas que atingiram Mogi nas últimas semanas aumentaram a demanda de serviços e disse que se colocou à disposição da Associação para, em caso de necessidade, analisar individualmente as demandas das indústrias. Confira abaixo e na íntegra a nota enviada pela distribuidora de energia elétrica da região do Alto Tietê.

A EDP informa que foi procurada pela Agestab e prontamente se colocou à disposição para esclarecimentos relacionados ao serviço de energia elétrica na região do Distrito Industrial do Taboão. A Companhia explicou sobre atuação frente às tempestades que atingiram a cidade de Mogi das Cruzes na última semana, que elevaram em 25 vezes a criticidade da operação da EDP comparado a um dia normal, com ocorrências complexas, envolvendo danos de grande impacto na rede de distribuição de energia em diversos pontos da cidade. Entre terça e sexta-feira (18 a 21/01), as equipes da EDP atenderam 1.252 ocorrências, reparando os danos causados de forma contínua, principalmente, por conta de galhos, objetos projetados à rede, árvores inteiras caídas sobre postes e descargas atmosféricas diretamente em equipamentos. Parte do trabalho teve a parceria essencial dos órgãos municipais como a Defesa Civil e o tempo de normalização do fornecimento de energia variou de acordo com a extensão do dano causado e complexidade da ocorrência.
A Distribuidora se colocou à disposição da Associação para, em caso de necessidade, analisar individualmente as demandas dos industriais e reforçou seu empenho em levar um fornecimento seguro de qualidade a todos os clientes“.

Confira as últimas notícias de Mogi das Cruzes

Essa notícia foi atualizada em 25 de janeiro de 2022 17:24

Compartilhar
Tudo sobre: AgestabEDPTaboão
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP