BRASIL

Cartão Bolsa do Povo SP será enviado a mais de 500 mil pessoas; veja quem receberá

Até o fim de 2021, mais de 500 mil cartões do Bolsa do Povo serão destinados aos cidadãos atendidos pelo programa, informou o Governo de SP nesta quarta-feira (6).

O Bolsa do Povo SP foi desenvolvido para unificar ações estaduais de transferência de renda, com o objetivo de simplificar o compartilhamento de informações e o repasse dos valores correspondentes a cada beneficiário, além de criar novos benefícios. Cerca de dois milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade social devem ser beneficiadas com o projeto, segundo o Governo de SP.

Atualmente, fazem parte do Bolsa do Povo os programas Vale Gás, SP Acolhe, Ação Jovem, Renda Cidadã e Prospera Família, da Secretaria de Desenvolvimento Social; além de iniciativas de outras pastas como: Bolsa Talento Esportivo, Via Rápida, Bolsa Trabalho, Novotec Expresso, Bolsa do Povo Educação e Estudantes, Centro Paula Souza, Bolsa Empreendedor, Auxílio Moradia e Acolhe Saúde.

Desde agosto deste ano, a Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo paulista -, responsável pela operacionalização do programa, passou a enviar cartões pré-pagos aos beneficiários, para facilitar o acesso aos valores recebidos por meio dos benefícios que preveem transferência de renda, como o Vale Gás e Acolhe SP.

O cartão pré-pago pode ser usado como uma espécie de cartão de débito habitual, permite que sejam feitos saques em dinheiro, com o valor desejado, em terminais de autoatendimento 24 Horas ou do Banco do Brasil, além de correspondentes bancários do BB. Sempre que quiser podem ser usados para compras em estabelecimentos comerciais.

Quem ainda não tem o cartão do Bolsa do Povo SP, recebe o benefício por meio de voucher, e precisa sacar o valor integral. Para isso, o usuário deve acessar a área restrita do portal, a mesma em que agora é possível desbloquear os novos cartões.

Benefícios do Cartão Bolsa do Povo SP

No fim de agosto, o governo estadual começou a disponibilizar dois valores que podem ser sacados com o Cartão Bolsa do Povo SP. Um deles é o Vale Gás, que paga parcelas de R$ 100 a cada dois meses, contemplando 426,9 mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade. Para receber o benefício, a família precisa ter uma renda mensal per capita de até R$ 178 e estar inscrita no CadÚnico (Cadastro Único Para Programas Sociais do Governo Federal), e não pode receber o Bolsa Família.

O outro é o SP Acolhe, um auxílio que vai oferecer R$ 1.800 em seis parcelas mensais de R$ 300 para as famílias inscritas no CadÚnico, com uma renda mensal de até R$ 3.300 e que perderam pelo menos um membro da família para a Covid-19. 

Para saber se é elegível para receber um dos benefícios, o cidadão deve consultar o cadastro no site do Bolsa do Povo.

Como desbloquear o Cartão Bolsa do Povo SP

Desde 1º de outubro, os mais de 180 mil cidadãos que já receberam cartões pré-pagos do Bolsa do Povo SP podem realizar o desbloqueio online, sem precisar entrar em contato com a central de atendimento pelo telefone. Basta acessar o site www.bolsadopovo.sp.gov.br.

Sobre o Bolsa do Povo

Essa notícia foi atualizada em 11 de novembro de 2021 14:34

Compartilhar
Tudo sobre: Bolsa do Povo
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online