Candidatos a prefeito de Mogi das Cruzes ganham apoio na reta final das Eleições

A poucos dias da votação do segundo turno das Eleições Mogi das Cruzes 2020, que definirá o prefeito da cidade pelos próximos quatros anos, os candidatos Caio Cunha (PODE) e Marcus Melo (PSDB) têm intensificado a campanha e recebido apoio de candidatos derrotados no primeiro turno e outros políticos da região, o que pode ajudar a definir o voto dos eleitores ainda indecisos.

Em nota divulgada no último sábado (22), o PT (Partido dos Trabalhadores) afirmou que manterá a neutralidade no segundo turno, no entanto, Rodrigo Valverde, candidato petista que ficou em terceiro lugar no primeiro turno das Eleições para prefeito de Mogi das Cruzes, realizou uma transmissão ao vivo nas redes sociais para informar os eleitores sobre seu posicionamento pessoal para o segundo turno. De acordo com ele, apesar de respeitar a decisão do partido em não apoiar nenhum dos dois candidatos, seu voto será de Caio Cunha. “Eu, Rodrigo Valverde, dentro das três opções que me cabem, que a cidade me colocou: ou de me abster, ou de votar 45 ou de votar 19, eu vou votar 19 no dia 29 de novembro”, declarou ele, pontuando que não concorda integralmente com o projeto de Caio Cunha, mas que é o único que representa a mudança de poder que ele defendeu desde o início da campanha.

Quarto colocado no primeiro turno das Eleições, Felipe Lintz (PRTB) também declarou voto em Caio Cunha. “Eu tenho a seguinte opinião: é inadmissível a gente continuar com esse sistema que está aí. São 35 anos hegemônicos. Depois de 20 anos que a gente foi ter, no segundo turno, uma oportunidade de tentar mudar, de tentar ver o que pode ser diferente se a gente não eleger o atual prefeito, a atual gestão. Por isso que o meu voto, Felipe, pessoalmente, é em Caio Cunha, 19. O meu voto é contra Marcus Melo”, explicou ele, acrescentando que votaria em qualquer outro candidato que fosse para o segundo turno com o atual prefeito.

Em nota divulgada nas redes sociais, o PDT (Partido Democrático Trabalhista), que teve Fred Costa como candidato a prefeito no primeiro turno, também apoiou Caio Cunha. “Após várias avaliações do momento atual, o partido optou pelo apoio à candidatura de Caio Cunha por entender que este é um momento histórico em nossa cidade e o PDT não pode se omitir. Este momento se apresenta para a população mogiana como a primeira oportunidade após a redemocratização de verdadeiramente renovar a conduta política em Mogi das Cruzes”, diz a nota publicada pelo partido. Já Fred Costa preferiu se manter neutro no segundo turno.

O deputado federal e ex-prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli (PSD), por sua vez, declarou apoio à reeleição de Marcus Melo em um vídeo divulgado nas redes sociais do atual prefeito. “Mogi não pode parar e só com Marcus Melo a cidade vai avançar”, disse Bertaiolli, acrescentando em seguida: “Neste domingo, vote por Mogi, vote 45”.

Outro ex-prefeito de Mogi que está apoiando Melo é Junji Abe (MDB). Em um vídeo também publicado nas redes sociais do atual prefeito, ele afirmou: “em uma eleição é fundamental a gente não esquecer o valor da experiência. O Marcus Melo é uma pessoa de muita experiência. Na área da saúde, ele vai concluir a Maternidade de Mogi das Cruzes, mas antes da Maternidade veio o Hospital Municipal, do Bertaiolli. Ninguém pode se esquecer do Pró-Mulher, do Pró-Criança, tudo é uma semente, para dar uma árvore frondosa, com sombra e frutos, permanentemente. Apesar da pandemia, neste segundo turno, eu gostaria de contar com todos vocês votando para Marcus Melo, 45″.

Confira as últimas notícias sobre as Eleições Mogi das Cruzes 2020

Compartilhar
Publicado por
Leandro Cesaroni

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais