BRASIL

Calendário Bolsa Família 2021: veja quem recebe ainda esta semana

O calendário Bolsa Família 2021 já começou e, desde o início da semana, contemplou beneficiários com NIS (Número de Identificação Social) terminados em 1, 2 e 3. Nesta quinta-feira (21) é a vez dos que possuem NIS com final 4 receberem o benefício.

Quem tem NIS terminado em 5 recebe na sexta (22) e, como aos finais de semana não são feitos pagamentos, o calendário é retomado na segunda-feira (25), quando recebe os que possuem NIS com final 6. Confira o Calendário Bolsa Família 2021 mais abaixo.

A partir de janeiro, os beneficiários voltam a receber o valor original de R$ 190 pago pelo programa, após receberem por cinco meses os R$ 600 de auxílio emergencial e por quatro meses os R$ 300 de auxílio emergencial extensão, pagos pelo governo federal devido à pandemia do novo coronavírus.

Calendário Bolsa Família 2021

Os depósitos às 14 milhões de famílias inscritas no Bolsa Família ocorrem sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês.

Ministério da Cidadania/Divulgação

Entre em nosso Grupo no Facebook e confira as últimas notícias sobre o Bolsa Família e outros benefícios sociais

Cancelamento do Bolsa Família

Uma portaria publicada no Diário Oficial da União pelo Ministério da Cidadania, na última segunda-feira (18), prorrogou por mais 90 dias a suspensão de revisões cadastrais e procedimentos operacionais do Bolsa Família e do Cadastro Único para programas sociais do governo federal (CadÚnico).

Segundo o texto, a medida visa a “evitar aglomerações e exposição à infecção pelo novo coronavírus de integrantes de famílias beneficiárias, de pessoas em busca de atendimento para cadastramento, e, ainda, de cidadãos que trabalham em unidades de cadastro”. Além disso, a operação dos programas continua prejudicada, principalmente nos municípios, por situações como suspensão de aulas, direcionamento de atividades das unidades de saúde para atender aos infectados pela covid-19 e alteração no funcionamento de alguns centros e postos de cadastramento.

Estão suspensos procedimentos como os de averiguação e revisão cadastral, ações de bloqueio, suspensão e cancelamento de benefícios financeiros devido ao descumprimento das regras de gestão.

A suspensão vale também para o cálculo do fator de operação do Índice de Gestão Descentralizada do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único, para apuração dos valores que são transferidos aos municípios, estados e ao Distrito Federal. Nesse caso, será utilizado o fator de operação do índice de fevereiro de 2020.

Depois de 90 dias, o cálculo do fator passa a utilizar os dados mais recentes disponíveis da Taxa de Atualização Cadastral (TAC) e da Taxa de Acompanhamento da Frequência Escolar (TAFE), mantendo suspensa a atualização da Taxa de Acompanhamento de Saúde (TAS) por mais 90 dias.

Essa notícia foi atualizada em 21 de janeiro de 2021 09:38

Compartilhar

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais