ALTO TIETÊ

Rodovia Ayrton Senna ganhará novo acesso ao Rodoanel em Itaquaquecetuba

A Rodovia Ayrton Senna passará a contar com um novo acesso ao Rodoanel Mário Covas, na altura de Itaquaquecetuba. A informação foi divulgada pelo prefeito do município, Eduardo Boigues, após reuniões com a Ecopistas, Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e a Secretaria da Habitação do Estado de São Paulo.

O acesso será feito próximo à saída de Itaquaquecetuba sentido Rio de Janeiro. Há uma pista paralela que estava desativada, isolada com bloquetes, que será usada para permitir o novo acesso ao Rodoanel. A previsão é de que a entrega seja feita em dezembro após o nivelamento da via e construção de muretas.

Atualmente, os motoristas de caminhões que saem de Itaquaquecetuba e precisam acessar o Rodoanel passam pela Ayrton Senna, sentido Rio de Janeiro, e dirigem por 20,6 km até Mogi das Cruzes. Já os motoristas de carros dirigem por 5,6 km sentido capital e fazem o retorno em uma via estreita antes do pedágio. De acordo com a administração municipal, o novo acesso vai diminuir o trajeto de carros e caminhões para apenas 1,3 km.

A saída será exclusiva para acessar o Rodoanel. Não será permitido o deslocamento para a Ayrton Senna pelo trecho para não colocar em risco a segurança viária. Quem for acessar a Ayrton Senna, sentido Rio de Janeiro, continuará usando a alça de acesso existente.

“Temos entrada para uma das regiões mais populosas do estado e de maior poder econômico. Faremos com que seja valorizada a nossa posição geográfica. O acesso permitirá que empresários venham para a nossa cidade, gerem emprego, renda e, consequentemente, melhore a nossa arrecadação”, disse o prefeito.

Boigues contou também que há um projeto da EcoRodovias para fazer a iluminação da Ayrton Senna com lâmpadas de LED da Marginal Tietê até a Rodovia Mogi-Dutra. A Prefeitura de Itaquaquecetuba ficará responsável pela iluminação na entrada e na saída da cidade.

Essa notícia foi atualizada em 27 de outubro de 2021 14:19

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online