BRASIL

Auxílio Brasil pode aumentar para R$ 600 e ter novo cartão com a função débito

De olho nas Eleições 2022, o presidente Jair Bolsonaro e sua equipe econômica vêm estudando formas de ‘turbinar’ o Auxílio Brasil, programa substituto do Bolsa Família. Dentre as medidas que vêm sendo discutidas está o aumento do valor do benefício para R$ 600 e a distribuição de um novo cartão com chip e a função débito aos beneficiários.

governo federal pretende aumentar o valor do Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600. A ideia, segundo fontes, é abandonar a proposta inicial de compensar estados que reduzirem impostos sobre combustíveis e usar o dinheiro para ampliar benefícios sociais, o que poderia ter um impacto positivo maior para a campanha do presidente Jair Bolsonaro à reeleição.

A proposta de aumento do valor do Auxílio Brasil foi apresentada durante reunião dos líderes do Senado Federal sobre a PEC 26, medida que visava originalmente à compensação da perda de arrecadação dos estados que reduzissem o ICMS dos combustíveis.

Já o projeto de distribuir novos cartões do Auxílio Brasil com a função débito foi antecipada pelo secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Luiz Galvão, em evento da Jornada Auxílio Brasil, no último dia 14 de junho, em Montes Claros (MG).

“A gente substitui os cartões sociais, que eram aqueles apenas de tarja magnética, que só permitiam fazer um saque único nas agências da Caixa, por um cartão de débito, um cartão bancário. A partir de agora, quem recebe um cartão do Auxílio Brasil não precisa mais se deslocar às agências bancárias ou lotéricas. [O novo cartão] pode ser usado diretamente na padaria, no mercadinho e no comércio local”, disse ele.

A intenção é fazer com que as famílias atendidas pelo Auxílio Brasil sejam ‘bancarizadas’ por meio dos novos cartões do programa, assim como ocorreu com o auxílio emergencial, pago em 2020 e 2021, por meio de conta digital e aplicativo.

Cerca de 18,2 milhões de famílias participam atualmente do Auxílio Brasil, programa que engloba várias políticas públicas de assistência social, saúde, educação, emprego e renda, sendo destinado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país.

Para receber mais novidades sobre benefícios sociais, entre em nossos grupos no Facebook e Telegram

Essa notícia foi atualizada em 28 de junho de 2022 11:43

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP