MOGI DAS CRUZES

Vacinação: Mogi vai começar a aplicar Pfizer como reforço em quem tomou Janssen

A Prefeitura de Mogi das Cruzes anunciou que, a partir deste sábado (4), vai aplicar a vacina da Pfizer como reforço em todos aqueles que tomaram a primeira dose da Janssen há mais de dois meses.

Já adotada na capital paulista e em diversos outros municípios, a intercambialidade entre as vacinas contra a Covid-19 está de acordo com documento técnico do governo de São Paulo, que permite a utilização do imunizante da Pfizer em caso de indisponibilidade de doses da Janssen.

O reforço da Pfizer para aqueles que tomaram Janssen terá início junto com a ação que a Secretaria Municipal de Saúde vai realizar, entre 4 e 11 de dezembro, e que permitirá a vacinação sem necessidade de agendamento. O objetivo, segundo a Prefeitura, é promover a imunização antes das festas e comemorações de final do ano e contribuir para prevenir novas altas da doença.

A primeira dose da vacina contra a Covid-19 está disponível para adultos ou adolescentes a partir de 12 anos, enquanto a segunda deve seguir os intervalos do imunizante utilizado na primeira: Coronavac (15 dias); Pfizer (21 dias); e Astrazeneca (oito semanas). Já a terceira dose pode ser aplicada em qualquer pessoa com 18 anos ou mais que tenha completado a imunização há pelo menos cinco meses. 

Mesmo assim, quem preferir pode agendar o horário para receber qualquer uma das doses. Até a tarde desta quinta-feira (2), o sistema da Prefeitura ainda contava com mais de 5 mil vagas de reforço para vacinados com Janssen, além de vagas para primeira, segunda e terceira dose de outros laboratórios. Acesse www.cliquevacina.com.br

De acordo com dados da administração municipal, desde o início da imunização contra o coronavírus, 10.193 pessoas receberam a primeira dose da Janssen em Mogi das Cruzes.

Siga nossa página no Google News e receba mais notícias de Mogi das Cruzes

Essa notícia foi atualizada em 2 de dezembro de 2021 14:19

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP