Com superlotação, Santa Casa de Mogi suspende atendimentos da maternidade

A Santa Casa de Mogi das Cruzes anunciou, nesta quarta-feira (8), a suspensão do atendimento da maternidade devido ao agravamento do quadro de superlotação e a constatação de que o serviço encontra-se com sua capacidade ocupacional, física e operacional esgotadas.

A orientação da entidade é para que todas as gestantes de baixo e alto risco procurem os outros serviços referenciados na região, uma vez que apenas os casos de urgências e emergências obstétricas que chegarem ao hospital serão atendidos.

De acordo com a Santa Casa, atualmente, há 39 bebês no Setor Neonatal para uma capacidade total de 25 leitos. Já na Maternidade há, no momento, 59 gestantes para uma capacidade de 38 leitos.

“A medida de suspensão do atendimento total tem como objetivo garantir a segurança e integridade aos bebês e gestantes que estão internados nestas unidades, visando evitar danos irreparáveis as pacientes”, informou a entidade, completando que o plano de contingência adotado contempla as seguintes ações:

  • Notificação das autoridades responsáveis como Secretaria Estadual e Municipal de Saúde, Samu e Cross;
  • Adequação de equipamentos e equipe médica, de enfermagem e multiprofissional que possam fazer frente às necessidades do momento;
  • Solicitação de transferência de casos de Alto Risco para o Cross (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde);
  • Instalação de medidas de apoio do serviço de Controle de infecção Hospitalar para atuação preventiva evitando qualquer complicação decorrente do aumento da demanda.
  • Implantação de leitos extras de UTI Neonatal (reserva técnica).

A Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes informou, ainda, que realiza em média, 450 partos por mês, e um atendimento de aproximadamente 2 mil gestantes. Possui 9 leitos de Uti Neonatal, 1 de isolamento, 15 de Cuidados Intermediários (25 leitos) e 38 leitos operacionais para gestantes em sua Maternidade.


Gostou do conteúdo? Ele é e sempre será 100% aberto e gratuito, no entanto, se considerá-lo importante e necessário, você pode apoiar nosso trabalho fazendo uma doação

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais