CULTURA

Sesc Mogi das Cruzes: programação da semana tem música, teatro e contação de histórias

A programação desta semana do Sesc Mogi das Cruzes conta com apresentações de música, teatro e contação de historias. Todas as atividades são de classificação livre e gratuita, sendo necessário a retirada de ingresso antecipada somente para o espetáculo ‘Sabiás do Sertão’.

Para acompanhar as atrações é obrigatória a apresentação de documento com foto e carteira de vacinação contra a Covid-19 – para crianças acima de 5 anos é necessária uma dose, para os demais (acima de 12) duas doses ou dose única. O uso de máscara não é mais obrigatório, mas segue recomendado nas áreas fechadas e cobertas.

Confira abaixo mais detalhes da programação do Sesc Mogi das Cruzes:

Música

Laylah Arruda

  • Dia 19, quinta, às 20h | Duração: 80 minutos

As experiências de Laylah Arruda nasceram de caminhos multifacetados, heterogêneos, e sempre com a raiz fincada na terra firme e fértil da música afro- diaspórica. Fundou e fez parte do Quilombo Hi-Fi, um dos mais antigos sistemas de som nos moldes jamaicanos atuantes em São Paulo. É a primeira cantora de Reggae do Brasil a ter uma música em vinil 7 polegadas – “Olhem para África”, lançada em 2010 pelo selo High Fya Records.

Sua jornada sonora explora além do vasto universo da música reggae. Já dividiu o palco e gravou canções com diversos nomes da música brasileira e internacional, como Sono TWS, Gerson King Combo, Tássia Reis, Jairo Pereira, Samuca e a Selva, Liniker, B Negão, Msário, Furmiga Dub, Black Mantra, Xênia França, Dow Raiz, Ministereo Público, Sister Nancy, Earl Sixteen, Eek a Mouse, Jah9, Big Youth, Soom T e OBF, Nazamba, Linval Thompson, entre outros. A cantora já passou por dezenas de palcos e festivais pelo Brasil e realizou duas turnês europeias – uma solo e uma com Feminine Hi-Fi, em 2017 e 2018 respectivamente – levando sua música à Roma, Paris, Genebra, Berlim, Londres, Dublin etc.

Motormama: Te Vejo na Cosmopista – Motormama 20 anos

  • Dia 22, domingo, às 16h | Duração: 80 minutos

Show em comemoração aos 20 anos de estrada da banda paulista Motormama. No set list, músicas que fazem parte da coletânea “Anhanguera Folk Club”, lançada em 2019. Em ordem cronológica, a apresentação faz um balanço de duas décadas com canções representativas dos álbuns “Carne de Pescoço” (2003), “A Legítima Cia. Fantasma” (2006), “Aloha Esquimó” (2010), “Flores Sujas do Quintal” (2013) e “Fogos de Artifício” (2017).

Criada no ano de 1999 no interior paulista, a banda Motormama logo chamou a atenção da mídia especializada com reportagens nas revistas Bizz, Playboy, VIP e Rolling Stones, além de jornais como Estadão e Folha de S. Paulo. Depois de vários shows por casas e festivais de todo o país, em setembro de 2011, o grupo estreou em terras estrangeiras e se apresentou no festival Pop Montreal, um dos mais importantes do Canadá.

Teatro

Sabiás do Sertão

Com a Cia. Cênica

  • Dia 20, sexta, às 20h | Duração: 70 minutos | Lugares limitados. Retire seu ingresso na Loja Sesc a partir das 19h

O espetáculo trata dos expoentes da música caipira, Cascatinha & Inhana, primeira dupla sertaneja formada por marido e mulher que, em sua trajetória, reverencia com primazia a cultura de raiz, o ser, estar e viver artista, o prazer da canção e do encantamento.

O circo e o rádio, presentes na trajetória da dupla, são trazidos à cena por uma companhia ambulante de teatro, com artistas que contam, vivem, tocam, dançam e cantam um pouco da vida e muito do rico repertório de toadas, guarânias, rasqueados, boleros, rancheiras e canções imortalizadas nas vozes destes “sabiás do sertão”.

Literatura

Heroínas Negras

  • Dia 21, sábado, às 16h | Duração: 50 minutos

A cabaça Agbalá vai esparramar histórias de diferentes mulheres negras africanas e brasileiras que tiveram grande contribuição para a história, cientistas, guerreiras, inventoras e artistas. A narrativa nos conduzirá por uma viagem de grandes feitos, conquistas e sabedorias. Com música, caracterização, e dança, Heroínas Negras é uma apresentação dinâmica e cheia de nuances de encantamento.

Com Agbalá Conta, núcleo de pesquisa e criação de narrativas pretas, fundado em 2010 por Giselda Perê com o objetivo de dar visibilidade às histórias das ancestralidades pretas. Agbalá Conta é uma cabaça mágica que guarda todas as histórias das nossas ancestralidades pretas, quando encantada ela se abre e revela histórias que valorizam nossas identidades e nossas histórias de origem.

Serviço

  • Sesc Mogi das Cruzes
  • Endereço: Rua Rogerio Tácola, 118, Bairro do Socorro, Mogi das Cruzes, SP
  • Horário de funcionamento: De terça a sexta, das 13h às 22h ; Sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h

Entre em nosso Grupo no Telegram e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região

Essa notícia foi atualizada em 17 de maio de 2022 09:06

Compartilhar
Grazielly Maciel

Estagiária em jornalismo (sob supervisão do editor)