Motorista de aplicativo

Em novo golpe, motorista de aplicativo é roubado e feito refém em Jundiapeba

POLÍCIA

Na noite do último domingo (5), a Polícia Civil de São Paulo registrou um novo assalto a um motorista de aplicativo em Mogi das Cruzes.

O índice de roubos a motoristas tem aumentado rapidamente na cidade, sendo que os golpes acontecem sempre da mesma forma: uma mulher solicita a viagem [quase sempre para Jundiapeba] e, chegando no destino, os assaltantes estão esperando para cometer o crime.

Desta vez, a vítima, que trabalha para o Uber, recebeu um chamado de Cezar de Souza para uma corrida em nome de “Benedito”. Chegando ao local da partida, o motorista foi recepcionado por uma mulher, que se identificou como “Amanda” e afirmou que a viagem seria para o pai dela, que estaria em Jundiapeba.

Ao chegar no destino, a vítima foi surpreendida por três homens que a colocaram no porta-malas, afirmando estarem em posse de uma arma de fogo. De acordo com o boletim de ocorrência, os criminosos diziam que se o motorista não tivesse dinheiro iam matá-lo, assim como se ele gritasse.

Em dado momento, os assaltantes começaram a afirmar que teriam que matar a vítima de qualquer forma, pois algumas pessoas haviam anotado a placa do veículo. Depois disso, eles fizeram três paradas com o carro, sendo que na terceira o motorista conseguir sair do porta-malas, momento em que os criminosos desceram do carro e passaram a agredi-lo com chutes e socos, fugindo logo em seguida.

A polícia está investigando o caso.

Em novo golpe, motorista de aplicativo é roubado e feito refém em Jundiapeba
5 (100%) 1 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *