MOGI DAS CRUZES

Reposição de médicos vai reduzir espera por consultas, diz Prefeitura de Mogi

A Prefeitura de Mogi das Cruzes afirmou que vai ampliar, a partir do mês de março, a oferta de vagas para consultas e retornos na Rede Básica de Saúde, com a reposição de médicos nas unidades de maior demanda. O objetivo é reduzir a fila de espera gerada a partir das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), desde 2020.

De acordo com a administração municipal, no total, serão ofertadas cerca de 16 mil novas vagas mensais nas áreas de clínica médica, pediatria e ginecologia. O atendimento ocorrerá por meio de um complemento no contrato já existente entre a Secretaria Municipal de Saúde e o Cejam (Centro de Estudos e Pesquisa Dr. João Amorim), que ficará responsável pela reposição dos profissionais. 

Ainda segundo a Prefeitura, nos últimos anos, a Secretaria Municipal de Saúde perdeu vários médicos por conta de aposentadorias e exonerações, além de ter registrado baixa adesão de profissionais nos concursos anteriores. “Diante das dificuldades para contratarmos novos médicos no serviço público, optamos pelo contrato de horas médicas, ou seja, a organização social será a responsável pelo direcionamento dos profissionais às unidades que indicarmos”, disse o secretário municipal de Saúde, Zeno Morrone Junior.

Os médicos já estão sendo cadastrados e treinados para iniciar os atendimentos a partir de março. Paralelamente, a equipe do SIS 160 está levantando pedidos de consulta dos pacientes, por ordem de solicitação e prioridade, para marcar datas e horários, afirmou a administração municipal.

Exames

Outra ação em andamento são os mutirões para exames diversos. O atendimento já foi iniciado na Unica, em Jundiapeba, e prevê um total de 12,8 mil procedimentos diagnósticos nos próximos três meses, atendendo pedidos mais antigos de pacientes em espera. Entre os exames estão ultrassonografia, eletrocardiograma, eletroencefalograma, ecocardiograma, espirometria, entre outros. 

Também estão sendo ampliados os horários de atendimento para tomografia computadorizada, no Posto de Saúde da Vila Suíssa, com objetivo de zerar a fila de espera.

A Secretaria Municipal de Saúde pede aos paciente que, ao confirmarem presença, não deixem de comparecer à consulta ou exame. De acordo com a pasta, nos últimos meses, uma média de 30% dos pacientes da Rede Básica de Mogi das Cruzes deixaram de comparecer ao compromisso, gerando prejuízo ao atendimento. “As faltas sem qualquer justificativa representam perda das vagas que poderiam ser disponibilizadas para outros mogianos”, diz o secretário.

Quem não puder comparecer deve informar com antecedência pelo telefone do SIS 160.

Clique aqui e confira as últimas notícias de Mogi das Cruzes

Essa notícia foi atualizada em 22 de fevereiro de 2022 08:39

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP