MOGI DAS CRUZES

Queda de energia em Mogi foi ocasionada por descarga atmosférica, diz EDP

A chuva que caiu em Mogi das Cruzes na tarde de ontem (18) trouxe transtornos e deixou prejuízos para muita gente. Além de diversas ocorrências de quedas de árvores, houve queda de energia em boa parte da cidade. Sem eletricidade, semáforos e outros serviços deixaram de funcionar, o que refletiu também no trânsito e no transporte público.

A EDP, empresa responsável pela distribuição de energia em Mogi e região, enviou uma nota afirmando que a queda de energia se deu por conta do rompimento de um cabo devido à descarga atmosférica. O fornecimento de energia, que caiu por volta das 17h, foi reestabelecido às 19h, segundo a concessionária.

Confira abaixo a nota na íntegra:

A EDP segue atuando para reparar os danos causados nas redes elétricas de Mogi das Cruzes devido ao temporal com vento ocorrido na tarde de ontem. As principais regiões atingidas foram Bras Cubas, César de Souza e área central, por conta de uma ocorrência de grande proporção causada por rompimento de cabos devido à descarga atmosférica, próximo à uma subestação. Esta ocorrência foi finalizada às 19h01, normalizando o fornecimento para 95% dos consumidores da cidade impactados pelas chuvas.

Porém, houve casos em pontos da cidade de equipamentos danificados, principalmente, envolvendo a queda de galhos, árvores inteiras e objetos projetados sobre a rede.

Mais de 200 colaboradores atuam nas ruas focados na normalização do serviço desde o temporal, que continuará ao longo do dia de hoje em casos mais complexos. Em diversas ocorrências, a Companhia trabalha em parceria com órgãos municipais, como a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, e o tempo de normalização do serviço varia de acordo com a complexidade de cada caso.  

Em caso de eventos de grande proporção como este, a EDP atua com procedimento de priorização no atendimento, primeiramente, na solução de casos que envolvam hospitais, clientes com uso de equipamento essencial à vida e unidades de serviço essencial.

Queda de árvores

Como a chuva registrada ontem em Mogi das Cruzes veio acompanhada de ventania, muitas árvores tiveram galhos quebrados ou foram completamente arrancadas do solo. Uma das ocorrências mais críticas aconteceu na Praça João Antonio Batalha, mais conhecida como Praça do Shangai, que na última terça-feira (18) havia recebido um trabalho de poda e paisagismo da administração municipal com objetivo de melhorar as condições das árvores e canteiros.

Na manhã desta quarta-feira (19), o prefeito Caio Cunha falou sobre o trabalho realizado pelas secretarias municipais após o estrago feito pela chuva. ” O nosso time foi novamente às ruas para reparar os danos causados pela forte chuva de ontem. Retiramos detritos das bocas de lobo, realizamos a limpeza das vias e trabalhamos para retirar as árvores que foram derrubadas pela ventania, como a da praça do Shangai que estava travando o trânsito. Nossa equipe passou boa parte da noite por lá e hoje retorna para finalizar os trabalhos. Nosso time está de prontidão nesse período de chuvas, para cuidar dos mogianos. Vamos pra cima!”, publicou ele.

Instagram/@sejacaiocunha

Previsão do tempo

Novas pancadas de chuva são aguardadas para esta quarta-feira (19) em Mogi das Cruzes. Segundo o Climatempo, site especializado em condições climáticas, embora o dia tenha amanhecido com céu aberto, as nuvens devem aumentar a partir da tarde, o que favorece a ocorrência de chuva até à noite. A máxima deve chegar aos 31°C.

No restante da semana, as condições climáticas devem continuar parecidas na região, com tempo abafado e chances de chuva a partir da tarde.

Confira as últimas notícias de Mogi das Cruzes

Essa notícia foi atualizada em 19 de janeiro de 2022 10:10

Compartilhar
Tudo sobre: ChuvaEDP
Redação

E-mail: contato@noticiasdemogi.com.br