MOGI DAS CRUZES

Prefeitura de Mogi entregará 4 mil cestas básicas na Vila Brasileira esta semana

Até sábado (23), a Prefeitura de Mogi das Cruzes entregará 4.048 cestas básicas a moradores de mais de 30 bairros do distrito de Braz Cubas selecionados para o Programa Alimento Solidário, do Governo de SP.

De acordo com a administração municipal, as entregas estão sendo realizadas das 9 às 16h30, no Crescer da Vila Brasileira, que fica na rua João Gualberto Mafra Machado, nº 221 (antiga rua Uva).

Os bairros contemplados nesta semana são: Residencial Álvaro Bovolenta, Conjunto Residencial do Bosque, Conjunto Santo Ângelo, Jardim Aeroporto I, Jardim Aeroporto II, Jardim Aeroporto III, Jardim Cecília, Jardim Esperança, Jardim Ivete, Jardim Layr, Jardim Layr II, Jardim Planalto, Jardim Santa Tereza, Jardim Pavão, Vila Apolo, Jardim Santos Dumont I, Jardim Santos Dumont II, Jardim Santos Dumont III, Jardim Universo, Loteamento Alvorada, Loteamento Residencial Mirage, Parque Olímpico, Parque São Martinho, Vila Brasileira, Vila Cecília, Vila Cléo, Vila Ipiranga, Vila Melchizedec, Vila São Sebastião, Vila Municipal, Vila Nova Cintra, Vila Oropó, Loteamento Mosaico da Serra, Vila Paulista, Vila Pomar e Vila Sagrado Coração de Maria. 

Além da Vila Brasileira, até o início de fevereiro, outros locais atendidos serão Braz Cubas, Vila Natal, Centro, Cezar de Souza e bairros da Divisa. Segundo o cronograma da Prefeitura de Mogi das Cruzes, entre os dias 26 e 28, serão entregues 1.839 cestas em Braz Cubas. Na Vila Natal serão 3.081 cestas distribuídas, de 26 a 29 de janeiro. Já no Centro, as entregas acontecerão de 2 a 4 de fevereiro, com o total de 1.839 cestas. A Prefeitura disponibilizou uma consulta para saber o dia em que cada cidadão deve ir retirar a cesta.

Os últimos locais a serem atendidos, no mês de fevereiro, serão Cezar de Souza e os bairros da divisa. Na semana passada, entre quarta (13) e sábado (16), as entregas ocorreram no Crescer de Jundiapeba.

As famílias precisam ir até o local para fazer a retirada, porém, para evitar aglomerações e a consequente disseminação do coronavírus, foi definido o parcelamento ao longo de vários dias.

O programa tem como objetivo prestar apoio às famílias que enfrentam dificuldades em função da pandemia da Covid-19. As famílias contempladas foram previamente selecionadas com base nos critérios definidos pelo Governo do Estado, ou seja, a família deve estar cadastrada no CadÚnico e ter renda per capita declarada de até R$ 89,00. 

Outras informações podem ser obtidas com a Secretaria Municipal de Assistência Social, pelos telefones (11) 4798-6920 e (11) 4798-6994 ou mensagens pelo Whatssap (11) 9 7273-1812.

Essa notícia foi atualizada em 19 de janeiro de 2021 18:43

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online