Categorias
ALTO TIETÊ

Prefeitos do Alto Tietê discutem medidas de enfrentamento às chuvas com o governo estadual



Prefeitos e técnicos de municípios do Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê) participaram, na noite de sábado (11), de uma reunião virtual emergencial com o secretário estadual de Governo e Relações Institucionais, Gilberto Kassab, para discutir ações imediatas, além de medidas de médio e longo prazo para o enfrentamento às chuvas.



Durante a reunião, os prefeitos solicitaram a liberação de recursos emergenciais para a execução de obras como muros de contenção, tapa buraco e aduelas, para ajudar a conter os deslizamentos e alagamentos na região.



Também foi solicitado o reforço nas doações de cestas básicas, materiais de higiene pessoal e limpeza, colchões, entre outros itens para atender famílias que estão em abrigos provisórios nos municípios.



Participaram da reunião os prefeitos Priscila Gambale (Ferraz de Vasconcelos), Eduardo Boigues (Itaquaquecetuba), Márcia Bin (Poá), Carlos Chinchilla (Santa Isabel) e Rodrigo Ashiuchi (Suzano), além dos secretários de Infraestrutura Urbana Mogi das Cruzes, Alessandro Silveira; de Obras de Guarulhos, Francisco Carone e de Administrações Regionais de Guarulhos, Bruno Gersósimo.



“Nossa região está passando por uma série de problemas em decorrência das fortes chuvas. Somente em Suzano foram registrados 135 milímetros de água em pouco menos de uma hora. O Governo do Estado já está presente na cidade, por meio da Defesa Civil do Estado, e já se comprometeu prestar auxílio com medidas a médio e longo prazo, mas precisamos de um apoio imediato para atender às famílias que foram afetadas”, disse o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi.

A abertura das comportas da Barragem da Penha voltou a ser solicitada pelos prefeitos, para dar mais vazão às águas que estão represadas, em especial nos municípios de Guarulhos e Itaquaquecetuba, assim como a necessidade do desassoreamento do Lote 4 do Rio Tietê, que compreende trecho de Itaquaquecetuba até Mogi das Cruzes.

“Em Itaquaquecetuba já estamos montando o segundo abrigo para a população devido aos alagamentos. É primordial que o DAEE faça ao menos um teste abrindo mais comportas para que o Rio tenha mais fluidez”, disse o prefeito de Itaquaquecetuba, Eduardo Boigues.

A parceria com o Governo de SP na concessão de aluguel social para famílias que vivem em áreas de risco, além de construção e finalização de moradias populares, também foram abordadas durante a reunião.

Durante o encontro virtual, a prefeita de Ferraz de Vasconcelos, Priscila Gambale, compartilhou imagens de áreas de risco da região. No município são mais de 188 casas em áreas impróprias. “Estamos tomando providências para desocupação das áreas de risco e precisamos do apoio do Governo do Estado para oferecermos moradias para estas famílias”, afirmou ela.

Por fim, os prefeitos solicitaram a prorrogação do programa Bolsa Trabalho, previsto para se encerrar neste mês. Atualmente o programa tem mais de 3 mil beneficiários na região, que servem como mão de obra para as prefeituras e têm sido fundamentais nas ações de enfrentamento às chuvas e atendimento à população.

De acordo com o Condemat, após ouvir todas as demandas, Kassab se comprometeu a intermediá-las junto às principais pastas competentes, bem como a buscar soluções imediatas para atender aos prefeitos.

“Vamos atender aos prefeitos com prioridade na questão de doações de cestas básicas e insumos para as famílias, além de trabalhar em conjunto na construção de instrumento para atender pessoas que vivem em áreas de risco e precisam ser removidas e buscar parceria junto ao Governo Federal para a construção de moradias”, disse Kassab.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região? Siga nossos perfis:

Por Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP