Categorias
BRASIL

PicPay libera cartão de crédito e empréstimo pessoal pelo aplicativo; veja como fazer



O PicPay é um aplicativo que foi criado como uma espécie de carteira digital e, aos poucos, foi incorporando diversos recursos e funcionalidades. Entre os serviços disponíveis está o cartão de crédito e empréstimo pessoal.



Com a bandeira Mastercard, o cartão de crédito do PicPay não cobra anuidade e ainda disponibiliza um cartão virtual para realizar compras em lojas online e aplicativos com mais segurança. É possível também cadastrar o cartão nas carteiras digitais e pagar pelo celular.



Existem duas formas diferentes de conseguir limite de crédito no PicPay, sendo que uma delas pode ser viável até mesmo para quem está negativado ou com o score abaixo. Confira a seguir:



  • Limite pré-aprovado: Seu histórico bancário e seu relacionamento com o PicPay podem liberar um limite pré-aprovado de crédito. 
  • Limite Garantido: Análises são feitas constantemente e, caso você não tenha ainda um limite pré-aprovado, você pode contar com o Limite Garantido, onde o valor que você tem investido na Conta que Rende do PicPay ou no Cofrinho do seu cartão PicPay Card Gold, se transforma em limite de crédito para você usar.

Outra vantagem do cartão de crédito do Pic Pay é que as compras geram pontos no programa Mastercard Surpreenda. Depois, os pontos podem ser trocados por produtos, viagens e até vouchers em lojas e restaurantes parceiros.



Assim como para abertura da conta PicPay, a idade mínima necessária para obter o PicPay Card na função débito é de 16 anos. Para o PicPay Card na função crédito, é preciso ter no mínimo 18 anos e a solicitação estará sujeita à análise e aprovação de crédito.

Como pedir o cartão

  1. Abra o app;
  2. Na tela inicial, clique em PicPay Card;
  3. Depois, selecione a opção “Pedir meu PicPay Card”;
  4. Pronto.

Empréstimo pessoal

No PicPay existe a opção de empréstimo pessoal online, seguro e rápido: você faz tudo pelo próprio aplicativo sem precisar sair de casa ou ficar horas no telefone. Todo o gerenciamento do empréstimo, como o prazo e as parcelas a serem pagas, também é realizado no app. 

As taxas de juros do empréstimo do PicPay variam de 1,99% a 7,99% ao mês e os prazos de parcelamento para quitação do débito são de até 48 meses (quatro anos). Essas informações variam de acordo com o perfil do cliente e as condições do empréstimo.

No ato da simulação, é preciso estar atento ao Custo Efetivo Total (CET) que, além dos juros, inclui outras taxas que podem ser cobradas no crédito, como o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), que corresponde a 0,38% sobre o valor total do crédito, e mais uma porcentagem de 0,0082% por dia, que varia de acordo com o prazo para quitação da dívida.

É possível contratar até seis empréstimos do PicPay ao mesmo tempo. No entanto, para isso, é preciso ter limite para a contratação. Por exemplo, se você recebeu uma oferta de empréstimo pessoal de R$ 1.500,00, mas só contratou R$ 500,00, futuramente pode solicitar outros empréstimos no valor restante, desde que o limite esteja disponível.

Após a aprovação do empréstimo, o dinheiro solicitado será depositado na conta PicPay do cliente em três dias úteis e poderá ser utilizado para qualquer finalidade.

Vale ressaltar que o empréstimo está disponível para clientes pré-aprovados. Para saber se você tem uma oferta de empréstimo pessoal no PicPay, siga as instruções a seguir:

Como fazer o empréstimo

  1. Abra o aplicativo do PicPay;
  2. No menu inferior, toque em Carteira; 
  3. Depois, toque na opção Empréstimos;
  4. Você vai encontrar as modalidades de empréstimo disponíveis pra você no momento;
  5. Basta escolher a opção Empréstimo Pessoal e conferir se existe uma oferta ativa pra você;
  6. Se tiver, continue nas telas seguintes pra fazer uma simulação.

Fique atento para não cair em golpes: o PicPay não solicita depósitos antecipados para liberação de empréstimo ou cartão de crédito.

Para receber mais notícias sobre finanças e benefícios sociais, entre em nossos canais no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia: