MOGI DAS CRUZES

Participa Mogi aproxima a população das decisões da Prefeitura; veja cronograma

Em setembro, o programa Participa Mogi recebeu 1.577 contribuições entre pedidos e sugestões apresentadas pela população durante as 29 oficinas realizadas, além do espaço disponibilizado online, segundo dados da Prefeitura de Mogi das Cruzes. A partir do dia 11 de novembro, terão início as reuniões de retorno nos bairros e distritos atendidos na primeira etapa do trabalho.

Ao todo, 1.018 pessoas participaram das oficinas, enquanto 1.002 internautas se inscreveram pela internet, gerando 4.211 visualizações e cerca de 575 mil pessoas alcançadas direta ou indiretamente, informou a administração municipal.

“A participação da população para resolver os problemas do município, de forma transparente e democrática, é um pilar da administração. O programa Participa Mogi tem esta função de ouvir os moradores para que juntos, Prefeitura e sociedade possam encontrar soluções para as questões importantes da cidade”, disse o prefeito Caio Cunha.

Entre as contribuições apresentadas pela população durante as reuniões regionais, destacaram-se questões relacionadas à manutenção da cidade, mobilidade urbana, saúde, educação e segurança. Segundo a Prefeitura, o distrito de Braz Cubas foi a região com o maior número de demandas apresentadas, seguido por Jundiapeba, Jardim Piatã, Cezar de Souza e Cocuera.

Além destes distritos, as oficinas regionais aconteceram no Centro, Quatinga, Sabaúna, Taiaçupeba, Biritiba Ussu, Alto do Parateí/Chácara Guanabara e Taboão. Já as oficinas temáticas discutiram temas como aprimoramento da gestão pública, habitação, infraestrutura, saneamento, mobilidade urbana, redução da pobreza, saúde, cultura, esporte, segurança, emprego e renda. 

A partir do próximo dia 11 de novembro, o programa Participa Mogi iniciará o retorno às oficinas regionais. A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que, no primeiro dia, será atendido o distrito de Quatinga. Na sequência, serão realizadas novas edições no Centro (prevista para 12 de novembro), Sabaúna (16 de novembro), Cocuera (18 de novembro), Taiaçupeba (23 de novembro), Cezar de Souza (25 de novembro), Braz Cubas (27 de novembro), Jundiapeba (2 de dezembro), Jardim Piatã (4 de dezembro), Biritiba Ussú (7 de dezembro), Taboão e Chácara Guanabara (11 de dezembro).

Lançado no dia 4 de agosto, o Participa Mogi é um processo de institucionalização de uma política pública de participação social elaborada pela atual gestão, que possui entre seus pilares o diálogo e a participação com a população. Inicialmente, a plataforma foi utilizada na construção coletiva do Plano Plurianual como um espaço livre de contribuição do munícipe, para a apresentação de ideias, sugestões, projetos e também para a inscrição nos encontros, realizados em formato online, que discutiram o Plano Plurianual (PPA) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Essa notícia foi atualizada em 22 de outubro de 2021 10:50

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online