Obras em praças do Centro chegam a 73% do cronograma, diz Prefeitura de Mogi

CIDADE

As obras de revitalização urbanística da região central de Mogi das Cruzes chegaram a 73% de seu cronograma, segundo a Prefeitura. Com custo de R$ 3,9 milhões, o projeto inclui a reforma das praças Oswaldo Cruz e Sacadura Cabral e a construção da praça Diego Leme Chavedar.

Atualmente os serviços se concentram na praça Oswaldo Cruz, onde acontece a retirada do antigo piso, a concretagem do novo passeio e a construção da nova base da Guarda Municipal.

De acordo com a administração municipal, a Praça Oswaldo Cruz terá, ainda, faixa de travessia elevada, ponto de táxi, bicicletário, área de carga e descarga e rede wi-fi. A base da guarda contará com recepção, espaço de monitoramento, copa, vestiários e local para guarda de equipamentos, com área total de 126,49 metros quadrados.

O prefeito Marcus Melo, que visitou o local na manhã desta segunda-feira (13), afirmou que as obras vão beneficiar sobretudo os pedestres. “As obras vão proporcionar uma valorização da área central, com a prioridade voltada aos pedestres, que poderão caminhar em meio a praças revitalizadas, com arborização e segurança, já que teremos uma base da Guarda aqui na Oswaldo Cruz”, disse o prefeito, ao lado do vice, Juliano Abe, e do secretário municipal de Obras, Thiago Takeuchi.

A Praça Diego Leme Chavedar recebeu readequação de passeio e instalação de pontos de ônibus, área de embarque e desembarque, ponto de táxi, reorganização do sistema viário, faixa de travessia elevada, espaço de atividades com arquibancada, estacionamento e cabines de energia. Já a Sacadura Cabral ganhou faixa de travessia elevada, áreas de embarque e desembarque, de carga e descarga e bicicletário.

Praça Diego Chavedar (Foto: Prefeitura de Mogi das Cruzes)

Revitalização da região central

A Prefeitura de Mogi das Cruzes afirmou que o projeto está baseado em três eixos. O primeiro é o urbanístico, que prevê a priorização de pedestres, novos mobiliários, arborização e pisos drenantes. O segundo é o social: incluirá a nova base de monitoramento da Guarda Municipal, a iluminação pública com luminárias LED, o monitoramento com câmeras e a instalação de rede wi-fi. Já o terceiro será o de mobilidade urbana, que contemplará toda a reorganização do sistema viário.

A obra complementa a construção do Complexo Viário Jornalista Tirreno Da San Biagio. O primeiro túnel foi inaugurado em dezembro de 2016 e a entrega do segundo túnel ocorreu em 3 de fevereiro de 2018.

Entre em nossos Grupos de WhatsApp ou em nosso Canal no Telegram e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região



Deixe um comentário:
Os comentários não representam a opinião do Notícias de Mogi e são de responsabilidade do autor da mensagem. Conteúdos com palavrões serão excluídos.