MOGI DAS CRUZES

Mogi das Cruzes terá unidades para jovens que completam a maioridade em acolhimento

A Prefeitura de Mogi das Cruzes anunciou que vai implantar um novo serviço de acolhimento institucional, na modalidade república para jovens. Serão duas unidades destinadas para jovens com idades entre 18 e 21 anos, que saem do sistema de acolhimento institucional e ainda não têm condições de se sustentar. Cada uma delas ofertará seis vagas, sendo uma feminina e outra masculina.

De acordo com a administração municipal, a criação das unidades de acolhimento com esse perfil vem da necessidade da existência de um serviço que ofereça moradia subsidiada e com apoio especializado para auxiliar jovens na transição para a vida adulta, mantendo o atendimento a este público.

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Mogi das Cruzes realizou o processo de seleção da organização da sociedade civil que ficará responsável pelo serviço, através do edital de chamamento público nº 03/2022. A Associação Afro Brasileira Nossa Senhora Aparecida foi escolhida dentro do processo e o resultado já foi aprovado. Os próximos passos serão assinatura do termo de parceria e então a locação, por parte da organização vencedora, dos imóveis que vão oferecer o serviço.

A previsão é de que em torno de dois meses as unidades já possam iniciar o serviço. “É um serviço que busca dar aos jovens autonomia e condições para que eles superem a situação de vulnerabilidade e obtenham meios para construírem suas próprias vidas, carreira e independência”, disse a secretária municipal de Assistência Social, Celeste Gomes.

Entre em nosso Grupo no Telegram e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região

Essa notícia foi atualizada em 10 de junho de 2022 09:30

Compartilhar
Grazielly Maciel

Estagiária em jornalismo (sob supervisão do editor)