Mogi Basquete perde para o Franca novamente e se complica na semifinal do NBB

ESPORTES

A situação ficou complicada para o Mogi Basquete na semifinal do NBB (Novo Basquete Brasil) depois de perder, mais uma vez, para a equipe do Franca, por 89 a 78, na noite da última quarta-feira (8), no Pedrocão, interior paulista.

Com isto, os francanos abriram 2 a 0 nos playoffs da semifinal e, agora, dependem de apenas mais uma vitória para avançarem à final do campeonato.

O primeiro tempo de partida foi muito equilibrado, com parciais de 25 a 24 (1º) e 23 a 19 (2º) para o Franca. A equipe da casa levou a melhor também no terceiro período, vencendo por 27 a 14. O Mogi venceu o quarto final por 21 a 14, mas não foi suficiente para a tirar a diferença no placar.

Os francanos converteram 16 bolas de três pontos, contra oito dos mogianos. Nos rebotes, houve um equilíbrio: foram 42 (13 ofensivos/29 defensivos) para o Franca e 38 (11/27) para o Mogi. Nas assistências, o time do interior levou vantagem com 20, contra 12 dos mogianos.

Os destaques do Mogi Basquete na partida foram o ala-pivô Luís Gruber, com 20 pontos e cinco rebotes, o ala Shamell Stallworth, com 18, seis rebotes e quatro assistências, o pivô JP Batista, com 11 e nove rebotes, o ala Gui Deodato, com 14 pontos, e o pivô João Pedro, com seis e cinco rebotes. Também converteram três pontos cada os armadores Arthur Pecos e Enzo Cafferata e o ala Guilherme Filipin.

“Jogamos na estratégia certa de conter o time deles para deixar o jogo estourar, mas falhamos no terceiro quarto. Eles sempre vão bem no começo do jogo e conseguimos segurar bem. Depois, vêm fortes de novo no terceiro quarto. Tinham uma vantagem de cinco pontos, não conseguimos segurar e eles abriram 15 nos primeiros cinco minutos do quarto. O ritmo passou para eles, passamos a correr atrás do placar e não conseguimos encostar em nenhum momento. Na sexta, precisamos fazer o que fizemos no primeiro tempo. Para vencer em Franca tem de ser assim, controlando o ritmo da partida e não deixar que eles tenham volume. Eles tiveram um aproveitamento altíssimo nos três pontos e é por onde eles vão buscar o jogo deles. Precisamos jogar com inteligência, saber o momento de atacar e de forçar uma bola. Vamos para o jogo. A série só termina com três vitórias. Eles não têm e nós vamos buscar a nossa”, afirmou o treinador interino Cadum Guimarães, substituto do técnico Guerrinha, que, com o auxiliar Danilo Padovani, estão suspensos por conta do doping do ala Shamell Stallworth.

O terceiro e próximo jogo da semifinal do NBB, entre Mogi Basquete e Franca, será realizado nesta sexta (10), às 20h, novamente no Pedrocão.

Mogi Basquete perde para o Franca novamente e se complica na semifinal do NBB
5 (100%) 1 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *