Marcus Melo denuncia esquema de desvio de verbas da Prefeitura de Mogi das Cruzes

CIDADE
Na tarde da última quinta-feira (17), o prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, publicou um vídeo em seu perfil no Instagram para dizer que foi descoberto, recentemente, um esquema de desvio de dinheiro da Prefeitura de Mogi das Cruzes para a conta particular de um funcionário público municipal.

O prefeito não chegou a citar o nome do servidor e nem a quantia que teria sido desviada, mas explicou que a fraude era realizada por meio de uma alteração no sistema informatizado da Prefeitura e disse que foram colhidas provas que confirmam a prática.

Veja também: servidor acusado de desviar verbas da Prefeitura de Mogi é preso

“Boa noite. Estou aqui para fazer uma denúncia. Descobrimos que um funcionário da Prefeitura desviou dinheiro público, alterando o sistema da folha de pagamento. Levei o caso ao Ministério Público para ser investigado pela Justiça para que o responsável seja punido. É tolerância zero para quem não respeitar o dinheiro público”, diz a nota publicada no Instagram.

De acordo com o prefeito, uma sindicância interna já foi aberta para apurar os fatos. Além disso, ele afirmou ter encaminhado a denúncia sobre o esquema ao Ministério Público de Mogi e espera que o órgão determine a exoneração do servidor e a devolução do dinheiro desviado aos cofres municipais.

Assista o vídeo publicado pelo prefeito Marcus Melo

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região

4 comentários em “Marcus Melo denuncia esquema de desvio de verbas da Prefeitura de Mogi das Cruzes

  1. Comissionado!!
    A praga!!
    O servidor, segundo o secretário de Gestão Marcos Roberto Regueiro, não era concursado. “A Prefeitura de Mogi tem uma empresa contratada que presta serviços de assessoria e folha de pagamento. Esse servidor era contratado dessa empresa, onde trabalhou por volta de 7 anos. Ele se desligou da empresa e, por relacionamento comerciais com a Prefeitura, pediu uma vaga de trabalho na administração”, explicou. Fonte G1

  2. Essa não é a maneira de tratar esse assunto, externando com vídeo em redes sociais. Isso é só propaganda, nem deve ter sido ele quem descobriu, ou não faz nada para fixar olhando folha de pagamento de todos funcionários. Já o funcionário tem que ser exonerado mesmo e devolver o que desviou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *