BRASIL

Leilão da Caixa disponibiliza 600 imóveis com descontos de até 60% em todo o país

A Caixa Econômica Federal vai realizar, a partir da próxima segunda-feira (31), leilões de imóveis com descontos que podem chegar até 60% do valor em casas, apartamentos, terrenos, estabelecimentos comerciais, entre outros. 

Ao todo serão comercializados cerca de 600 imóveis em todo País, espalhados pelos estados de Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocantins, com lance inicial em R$ 32,9 mil.     

Os leilões serão realizadas nos dias 31 de janeiro, 1º, 09 e 15 de fevereiro e 08 e 24 de março. As vendas ocorrerão por meio do site Fidalgo Leilões.

“Por ser considerado o meio mais transparente e ágil de venda de bens, é cada vez maior a quantidade de pessoas que recorrem aos leilões para a compra de imóveis. No entanto, é importante frisar que os interessados devem estar atentos aos leilões para saberem em qual deles compensa mais fazer a aquisição, que pode ser no primeiro ou no segundo”, observa Douglas Fidalgo, leiloeiro da Fidalgo Leilões.

Com preços atrativos, condições especiais para financiamento e uso do FGTS, os imóveis do primeiro leilão estarão disponíveis com preços de avaliação. Já o segundo será realizado em duas datas: uma com o preço da dívida, e outra com os não vendidos – via licitação aberta.

Uma das ofertas é uma casa de três quartos e uma área total de 48,27 m², em Ouro Verde do Oeste (PR), que chama atenção pelo valor do lance inicial: R$ 96,7 mil. Outro destaque é um terreno com área total de 360 m², com 90 m² de área privativa, em Barreiras (BA), o valor inicial é de R$ 281,8 mil. Já em Belo Horizonte (MG), uma das alternativas é um apartamento com dois quartos e 139,64 m² de área privativa, com lance a partir de R$ 249,9 mil.        

Segundo Fidalgo, qualquer pessoa física ou jurídica pode participar do leilão, sendo necessário fazer cadastro em no site e enviar os documentos citados no Edital – por e-mail ou anexo no próprio site. “Sugerimos que as pessoas interessadas fiquem atentas aos leilões, pois em alguns casos, o imóvel sai mais barato no primeiro evento, principalmente porque se comparado com o segundo a avaliação pode sair mais em conta que o valor da dívida. Há também os casos em que comprar no segundo leilão é mais recomendado que o terceiro por conta de o valor da dívida ser menor. Além disso, também recomendamos que sejam feitas pesquisas como o valor do imóvel no mercado e averiguação da existência de outras dívidas, estado de ocupação e conservação do bem”, conclui.

Serviço

Parte 1

  • 1º Leilão: 31 de janeiro, às 13h – Valor da Avaliação
  • 2º Leilão: 15 de fevereiro, às 13h – Valor da Dívida
  • 3º Leilão: 24 de março, às 13h – Licitação Aberta – Valor com desconto de até 60% da avaliação do imóvel

Parte 2

  • 2º Leilão: 1º de fevereiro, às 13h – Valor da Dívida
  • Licitação Aberta: 09 de fevereiro, dois leilões, simultaneamente, às 10h com imóveis remanescentes dos leilões anteriores – com valores com desconto de até 60% da avaliação do imóvel.
  • 3º Leilão: 08 de março, ÀS 13h – Licitação Aberta – valor com desconto de até 60% da avaliação do imóvel.

Essa notícia foi atualizada em 27 de janeiro de 2022 12:19

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP