CULTURA

Grupo Marbor inaugura travessa e memorial e lança livro sobre a Vila Helio, em Mogi

O Grupo Marbor inaugurou, no fim da tarde de sexta-feira (21), a Travessa 21 de Maio e o Memorial Helio Borenstein, na Vila Helio, no Centro de Mogi das Cruzes.

O Memorial Helio Borenstein conta um pouco da história da Vila Helio, desde a sua construção, em 1951, feita pelo imigrante ucraniano Helio Borenstein, pai de Marcos. O espaço foi produzido em diferentes materiais, para dar profundidade e várias dimensões ao painel, que tem fotos e informações desde a chegada de Helio Borenstein ao Brasil, nos anos 1920, até a criação da Marbor, o crescimento da empresa e a atual revitalização da Vila Helio.

Por conta das restrições impostas pela pandemia de Covid-19, por enquanto, não serão organizadas visitas ao Memorial, mas quem passar por lá poderá conferir um pouco dessa trajetória, já que o local é acessível à população.

O livro Vila Helio, da fundação à Marbor é uma extensão do Memorial e conta com mais detalhes a trajetória da família Borenstein, da Vila e do Grupo Marbor. A publicação, com 98 páginas, tem duas versões, uma de capa dura, que será distribuída entre familiares, amigos e parceiros, e outra digital, que estará disponível para acesso gratuito no site da Vila em breve.

Construída entre os edifícios Loloya e Maria Antonieta, a Travessa 21 de Maio foi batizada com a data de nascimento de Marcos Borenstein, fundador e presidente do Grupo Marbor. Para compor o espaço, ela ganhou um paisagismo especial, seguindo o mesmo conceito da área externa da Vila, que tem estilo inspirado na arquitetura toscana.

“Escolhemos o dia 21 de maio para fazer a inauguração da Travessa e do Memorial e o lançamento do livro porque é o aniversário de 80 anos do sr. Marcos e tudo isso era uma surpresa para ele. Ele não fazia ideia de que preparamos esse presente e adoraríamos fazer uma grande festa, aberta ao público inclusive, para comemorar, mas, para a segurança de todos, não haverá nenhum evento ou inauguração oficial. Deixaremos para fazer isso quando não houver nenhum risco”, diz Tatiana Borenstein, diretora do Grupo Marbor e filha de Marcos Borenstein.

Foto: Divulgação/Grupo Marbor

Essa notícia foi atualizada em 23 de maio de 2021 20:09

Compartilhar
Tudo sobre: Vila Helio

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais