BRASIL

FGTS: saque extraordinário de R$ 1.000 pode ser feito até dezembro; veja como sacar

O saque extraordinário do FGTS já foi liberado a todos os trabalhadores, conforme calendário concluído pela Caixa Econômica Federal no dia 15 de junho. Com isto, os trabalhadores podem retirar até R$ 1.000 de suas contas ativas e inativas do Fundo de Garantia, desde que possuam saldo suficiente.

O prazo para realizar o saque extraordinário do FGTS vai até 15 de dezembro de 2022, data em que os recursos liberados retornarão para a conta vinculada do Fundo de Garantia, caso não sejam gastos, retirados ou transferidos para conta corrente.

O dinheiro foi depositado a todos os trabalhadores na conta poupança digital da Caixa e pode ser movimentado por meio do Caixa Tem, aplicativo que permite o pagamento de contas domésticas e a realização de compras virtuais em estabelecimentos não conveniados, além de permitir o saque em caixas eletrônicos e a transferência para a conta de terceiros.

No total, 42 milhões de trabalhadores têm direito ao saque extraordinário. Vale lembrar que quem antecipou o saque aniversário do FGTS e ficou com o valor bloqueado na conta não poderá realizar o saque extraordinário do FGTS.

Consulta Saque FGTS

Para consultar se têm direito ao saque extraordinário do FGTS, os trabalhadores devem acessar o site do FGTS, onde poderão verificar, além do valor, as datas em que ocorrerá o crédito na Poupança Social Digital. A consulta ao valor do saque extraordinário também pode ser realizada por meio do aplicativo do FGTS (disponível na Google Play e na App Store).

Para receber mais novidades sobre benefícios sociais, entre em nossos grupos no Facebook e Telegram

Essa notícia foi atualizada em 25 de junho de 2022 13:47

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP