Esgoto no Jardim Santos Dumont II - Mogi das Cruzes

“Estamos sofrendo muito aqui”, desabafa morador do Jardim Santos Dumont II

CIDADE PRIORIDADE
Depois de ter passado por períodos difíceis por conta do alto volume de chuvas e dos consequentes alagamentos nos últimos meses, moradores do bairro Jardim Santos Dumont II, em Mogi das Cruzes, agora enfrentam outra dificuldade, com esgoto acumulado nas ruas e, em alguns casos, até dentro das casas.

O problema, que afeta principalmente as ruas Rodésia e Europa, se deve ao entupimento da rede de esgoto. Com o aumento do volume de água no Rio Jundiaí, a situação se agravou.

“Estamos sofrendo muito aqui”, conta o morador Gilberto Angelo dos Santos, que reside há mais de 10 anos no bairro, onde ele diz que, hoje, falta praticamente tudo.

Além do mau aspecto e do odor desagradável, o esgoto espalhado pelas ruas atrai ratos, baratas, moscas varejeiras e outros tipos de insetos para dentro das casas.

Algumas casas estão abaixo do nível da rua, o que causa problemas com o esgoto voltando para as habitações. Numa delas, a moradora teve que colocar tábuas para poder circular, pois o esgoto acumulado invadiu seu quintal, causando vários transtornos.

Visita de vereadores

Na manhã da última quarta-feira (24), vereadores da Comissão de Obras, Habitação, Meio Ambiente, Urbanismo e Semae, da Câmara de Mogi das Cruzes, estiveram no Jardim Santos Dumont II para verificar a situação do local. Compareceram José Antonio Cuco Pereira (PSDB), Rodrigo Valverde (PT) e Antonio Lino da Silva (PSD). Eles conversaram também com o diretor do Serviço Municipal de Água e Esgotos (Semae), Glauco Luiz Silva, e do engenheiro da Secretaria de Serviços Urbanos Paulo Rogério Machado.

Após a visita, os vereadores decidiram, por meio da Comissão de Obras, apresentar uma moção pedindo ao Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) a limpeza e desassoreamento do rio Jundiaí, desde a foz do rio Tietê até a Avenida Japão.

O Semae e a Secretaria de Serviços Urbanos informaram que estão fazendo uma ação conjunta para amenizar o problema, com a contratação de uma empresa que efetuará a limpeza do lençol freático com bombas que deverão sugar toda a sujeira, além de fazer a limpeza na rede de esgoto e galerias de águas pluviais. Até junho, a previsão é que o trabalho esteja totalmente concluído, inclusive com o asfaltamento das vias.

Vereadores observam situação do esgoto no Jardim Santos Dumont II

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *