Categorias
BRASIL

Empréstimo PicPay: veja como pegar dinheiro emprestado pelo aplicativo



Os avanços da tecnologia trouxeram uma série de recursos que vêm sendo aproveitados pelos bancos e instituições financeiras. Um deles é a possibilidade de oferecer empréstimo diretamente por aplicativo de celular.



Uma das instituições que contam com essa facilidade é o PicPay. O app, que foi criado como uma espécie de carteira digital, tem incorporado cada vez mais serviços, como, por exemplo, empréstimo e cartão de crédito.



O empréstimo pessoal do PicPay é destinado a pessoas que tenham pelo menos 18 anos, possuam comprovante de renda e CPF regularizado.



O valor e o prazo de parcelamento da linha de crédito variam de pessoa pra pessoa, de acordo com a análise de crédito e as políticas vigentes. Todos esses detalhes podem – e devem – ser conferidos no ato da simulação do empréstimo.



No momento da contratação do crédito serão solicitados uma foto do rosto do cliente. Além disso, podem ser solicitados dados complementares ao seu cadastro que são importantes na hora da análise de crédito e aprovação do seu empréstimo e, também, a foto de um documento físico de identificação, que pode ser CNH, RNE, RNM, RG, DNI ou CIN.

Após a aprovação, o valor acordado será depositado na sua conta PicPay em até três dias úteis. Como se trata de um empréstimo pessoal, a partir daí, o dinheiro pode ser utilizado como o cliente desejar, sem que haja necessidade de justificar à instituição financeira.

Taxas que podem ser cobradas

  • Taxa de juros mensal: é a taxa de juros cobrada de acordo com a análise do seu perfil. Essa taxa não pode ser alterada.
  • IOF: essa sigla significa Imposto sobre Operações Financeiras e, no Brasil, todo empréstimo oferecido deve cobrar esse imposto. Ele custa 0,38% sobre o valor total do seu empréstimo, além de uma porcentagem de 0,0082% por dia, de acordo com a quantidade de parcelas que você escolhe pra fazer o pagamento.
  • CET: é o Custo Efetivo Total, que significa o valor total que você vai pagar no seu empréstimo. Ele é uma norma do Banco Central, criada pela Resolução CMN 3.517/2007, que obriga todas as instituições financeiras a explicar todos os detalhes de uma transação financeira. Ou seja, o CET é um resumo que demonstra a soma de todos os custos (juros, taxas e impostos) do seu empréstimo.
  • Tarifa de Cadastro: é um valor relativo aos custos operacionais que o banco tem para a realização de pesquisa em serviços de proteção ao crédito, base de dados, informações cadastrais, tratamento de dados e informações necessárias à contratação de operação de crédito junto ao Banco Original ou PicPay Bank.

Como fazer empréstimo no PicPay

  1. Abra o aplicativo do PicPay;
  2. No menu inferior, toque em Carteira
  3. Depois, toque na opção Empréstimos;
  4. Você vai encontrar as modalidades de empréstimo disponíveis pra você no momento;
  5. Confira se a opção Empréstimo Pessoal aparece pra você. Se aparecer, você pode seguir e consultar se há um oferta pra você tocando no botão
Para receber mais notícias sobre finanças e benefícios sociais, entre em nossos canais no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia: